002 – Pagando todas as suas dívidas

Logo Podcast Dinheiro BrasilO QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO:

Pagar todas as dívidas e ficar LIVRE de prestações, carnes, parcelas, boletos e todas as outras dívidas, com excessão da dívida da casa própria.

Mas antes de começar a falar do QUARTO Degrau, vamos relembrar os Dez Degraus Rumo ao Sucesso Financeiro.
ENTAO VAMOS LA SUBIR A ESCADA COM OS DEZ DEGRAUS PARA VOCÊ E SUA FAMILIA VENCEREM FINANCEIRAMENTE:
OS PRIMEIROS 5 DEGRAUS SÃO OS DEGRAUS FINANCEIROS ESTRUTURAIS. ESSES SERÃO A BASE QUE IRÁ LHE PREPARAR PARA O SEU SUCESSO FINANCEIRO.
O PRIMEIRO DEGRAU É- Preparar o Orçamento Mensal e a Lista com todas as suas dívidas.
O SEGUNDO DEGRAU É- Fazer um seguro de vida.
O TERCEIRO DEGRAU É- Economizar 25% do seu salário mensal ou oi equivalente a uma semana de salário. Esse será o seu fundo inicial de emergência.
O QUARDO DEGRAU É- Pagar todas as suas dívidas.
Para isso, utilize a lista de dívidas preparada no primeiro degrau, coloque em ordem da dívida menor para a maior. Comece pagando o mínimo todo o mês de cada uma das dívidas e o dinheiro que sobrar no orçamento do mês, pague a dívida de menor valor. Conseguir quitar a dívida de menor valor, passa para a próxima de menor valor, e assim sucessivamente.
O QUINTO DEGRAU É- Economizar 4 meses de salário. Esse será o seu fundo completo de emergência, que estará a sua disposição caso uma emergência financeira não prevista aconteça. Essa reserva financeira trará mais tranquilidade a você e sua família caso algum imprevisto financeiro aconteça, como por exemplo, alguém da família ficar desempregado.
Esses primeiros 5 degraus serão os degraus estruturais que lhe dará a base para o seu sucesso financeiro, pois atingindo o quinto degrau, você estará sem dívidas, e com uma reserva financeira sólida que lhe trará a tranquilidade financeira em caso de um imprevisto.
Vamos agora para os próximos 5 degraus que serão os degraus rumo à sua Riqueza Financeira:
O SEXTO DEGRAU É- Investir na sua aposentadoria. 15% da renda familiar deverá ser aplicada em um fundo de previdência privada ou um fundo de investimento de longo prazo. Esse valor será depositado todos os meses e deverá entrar no seu Orçamento Mensal.
O SÉTIMO DEGRAU É- Investir com foco em algum projeto especial. Poderá ser um plano para a troca do carro, uma viagem de férias ou um fundo para cobrir as despesas de educação dos filhos.
O OITAVO DEGRAU É- Atacar a dívida do seu empréstimo da Casa Própria. Nesse momento todas as suas “energias financeiras” deverão ser focadas na quitação do empréstimo imobiliário.
O NONO DEGRAU É- Investir muito! Você deverá planejar uma estratégia de investimentos com o foco de aumentar o seu patrimônio líquido, aumentando a sua riqueza mensalmente. Ao chegar nesse degrau, você terá uma condição financeira que lhe permitira aumentar a sua riqueza mensalmente.
O DÉCIMO E ÚLTIMO DEGRAU É – Monitorar e ajustar os seus investimentos. Esse último degrau dará a você e a sua família a tranquilidade e a visão de que a sua riqueza está investida de forma correta e que irá garantir um futuro próspero, solidificando e aumentando o seu patrimônio.
SIMPLES? SIMPLES MAS DIFÍCIL….
DIFÍCIL? SIM, MAS POSSÍVEL!

Agora vamos para o QUARTO Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro:
pagar todas as dívidas.
Você já parou para pensar na situação onde você e sua família não tenham mais dívidas, com excessão do pagamento da casa própria. Ja se imaginou ficando LIVRE de prestações, carnes, parcelas e boletos.
Você poderia utilizar toda a sua renda mensal para pagar as despesas normais do mês como alimentação, água, luz, e todo o restante do dinheiro poderia passar a ser usado para pagar a sua casa própria e investir no seu futuro.
Quando iniciei esse podcast, minha intenção era e ainda é a de transferir às outras pessoas um conhecimento que adquiri e que considero extremamente importante. Quando você passa a planejar a sua vida financeira com um CAMINHO CLARO A SER SEGUIDO, você passa a ter muito mais tranquilidade na sua vida pessoal, profissional e no seu relacionamento com sua esposa ou marido.
Se você ouviu o podcast número 1, você já tem as ferramentas e a compreensão da importância de se fazer um orçamento, e da clareza que colocar um orçamento no papel traz para você e para a sua família.
Se você não ouviu, sugiro que você faça o download e ouça o podcast 1, pois talvez esse assunto de orçamento seja o mais importante a ser feito para um SUCESSO FINANCEIRO PESSOAL.
Ao fazer o orçamento, você passou a identificar claramente para onde está indo a renda mensal da família.
Se ao fazer esse orçamento, você percebeu que tem mais gastos do que renda, você tem que começar a tomar decisões duras mais importantes para reduzir as despesas mensais.
Ao fazer o orçamento e colocar o número com as prioridades das despesas, você terá uma visão das despesas que são menos importantes, e possivelmente, são as despesas que você provavelmente terá que retirar do orçamento, isto é, deixar de gastar.
Se o seu orçamento está apertado e as despesas são maiores que a renda do mês, possivelmente chegou a hora de você cortar as despesas como restaurantes, cortar as viagens de lazer, cortar a TV por assinatura, cortar a pizza que você compra todas as sextas feiras e sábados. Você terá que fazer um esforço sério para sair das dívidas que estão acabando com o seu dinheiro. Você terá que fazer sacrifícios, e tenha certeza que ao fazer o sacrifício hoje, você está plantando uma semente para ter uma árvore abundante no futuro.
Tome decisões difíceis hoje para ter tranquilidade financeira amanhã.
Algumas pessoas dizem que o sucesso financeiro é simples. Gaste menos do que recebe e aplique a diferença de forma inteligente no mercado financeiro, para que o dinheiro passe a trabalhar para você.
Portanto, se ao fazer o orçamento você percebeu que está gastando mais do que recebe, você tem duas opções, gastar menos ou ganhar mais, ou preferencialmente, uma combinação dos dois.
Você já pensou em conseguir um trabalho adicional temporário para aumentar a renda familiar? Já pensou em entregar pizzas no final de semana? Já pensou em conseguir um trabalho temporário para você trabalhar fora do horário comercial? Esse pode ser uma outra opção para você aumentar a sua renda e acelerar o pagamento das suas dívidas.
Uma terceira opção é você vender coisas que não está usando. Faça um “pente fino na sua casa” e verifique tudo o que você não utiliza e que pode ser vendido. Esse dinheiro também poderá ajudar você e sua família a ATACAR as suas dívidas.
Vamos lá então, vamos atacar essas dívidas.
Você, junto com a sua esposa ou marido, precisam pegar um papel e listar todas as suas dívidas existentes, cartão de crédito, automóvel, carnes, empréstimos bancários, tudo.
Coloque as dívidas em ordem da menor para a maior.
Agora você já sabe qual a prioridade de dívidas que você deverá ATACAR.
Mas eu gostaria de lembrar a você que esse é o QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO, e portanto, você precisa primeiro atingir o PRIMEIRO, o SEGUNDO E O TERCEIRO DEGRAU. Comece fazendo o Orçamento Mensal, faça um Seguro de Vida e, Se você tem um salário familiar mensal de R$ 2000, deverá guardar R$ 500. Se tem um salário mensal familiar de R$ 10.000, deverá guardar R$ 2.500 como uma reserva de EMERGÊNCIA.
OK, voltando ao ATAQUE as suas dívidas.
Faça o orçamento do mês, verifique todas as despesas do mês, pague o valor mínimo de todas as despesas, e o dinheiro que sobrar, você irá ATACAR e despesa de menor valor.
Quando você conseguir quitar essa dívida de menor valor, passe a colocar todas as suas energias para ATACAR a segunda dívida de menor valor.
O que acontece quando você consegue quitar a primeira dívida, depois consegue quitar a segunda divida? Você começa a perceber que você está com um plano que está dando certo, e essa satisfação lhe dará energia e confiança para continuar o caminho. A força psicológica positiva que você sente é muito importante para o sucesso desse plano.
Essa é a razão que em momento nenhum eu mencionei que você deveria fazer uma análise de qual a taxa de juros que cada uma das suas dívidas são calculadas. A força psicológica positiva que você conquista no plano de ataque da dívida menor para a dívida maior é muito mais importante que esses cálculos financeiros, pois você ganha a motivação necessária para continuar ATACANDO  e PAGANDO as suas dívidas, até que você possa atingir a posição de não ter mais nenhuma dívida para pagar, com excessão da sua casa própria, que será um assunto em um próximo podcast.
O sucesso nas finanças pessoais está na mudança de comportamento, e não conhecimento de matemática. Mude de forma positiva o seu comportamento em relação aos seus gastos e ao seu dinheiro e você terá sucesso financeiro.

NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.
Nível de endividamento do brasileiro
INSTITUTO BRASILEIRO DE ESTUDOS FINANCEIROS E IMOBILIÁRIOS

http://www.ibrafi.org.br/2015/06/endividamento-das-familias-bate-recorde/
(Brasil Econômico – São Paulo/SP – FINANÇAS – 16/06/2015 – Pág. 20)
O endividamento das famílias em abril foi recorde para o mês. De acordo com dados do Banco Central (BC), em, a dívida total das famílias atingiu 46,3% da renda acumulada em 12 meses.
Até então, a taxa mais elevada havia sido registrada em fevereiro, de 46,24%. O cálculo leva em conta o total das dívidas dividido pela renda no período de 12 meses. Em comparação com março, quando o indicador ficou em 46,2%, houve pequena alta.
De acordo com dados do BC, o recorde do endividamento em abril foi impulsionado pelo crédito habitacional, já que em abril houve queda de 27,73% para 27,61% do cálculo do endividamento que exclui o financiamento da casa própria. Esta é a terceira queda consecutiva do indicador e revela que é o patamar mais baixo desde janeiro de 2009, quando estava em 27,37%.
Essa notícia é alarmante! As famílias brasileiras estão cada vez mais aumentando as suas dívidas. Para usar números aproximados, na média, a família tem 27% de sua renda mensal direcionada para pagamento da casa própria, e o pior, 20% da sua renda familiar para pagar outras dívidas. As pessoas estão comprando coisas através de dívidas, mas não estão planejando no médio prazo para comprar produtos e serviços pagando a vista. Com isso, caso essa família tenha uma redução da renda, como por exemplo, perdendo o emprego, como que essa família conseguirá manter o pagamento dessas dívidas? Imagine o estresse que essas famílias passarão em caso de redução da renda familiar.
Novamente, essa é uma lembrança para reforças a você ouvinte desse podcast para colocar as suas energias para pagar as suas dívidas. Continue o seu plano financeiro dando os passos necessários para o sucesso com o dinheiro.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Email: dinheiropodcast@gmail.com
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

Hoje vou responder a seguinte pergunta:

“Pereira, estou no SEXTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO COM DINHEIRO, não tenho dívidas, já tenho uma reserva financeira equivalente a 6 meses de despesas da casa, e tenho um dinheiro extra guardado que pretendo usar para trocar de carro, pois meu carro atual já está com 10 anos de uso. Qual o valor do novo carro que eu deveria comprar? “

A primeira coisa que você tem que observar é que você não deve fazer nenhuma dívida ou financiamento para trocar de carro. Você precisa pagar a vista caso queira comprar um carro melhor que o carro que tem hoje. Como já mencionei anteriormente no podcast 1, o carro é possivelmente o segundo item mais caro da família brasileira, mas que ao contrario da casa, que é o item de valor maior e que valoriza com o tempo, o carro DESVALORIZA com passar do tempo, o que faz com que você sempre perca dinheiro quando decide comprar um carro. Você sempre irá perder dinheiro no curto, médio e longo prazo quando você comprar um veículo, seja carro, moto, lambreta, barco, ou qualquer outro objeto com um motor e que será usado para transporte.
Como regra geral, todos os veículos da família não devem passar de 50% da renda anual da família. Vamos assumir que a família tem uma renda média de R$ 2000 por mês, o que equivale a R$ 24000 por ano (R$ 2000 x 12 meses). Portanto, 50% ou a metade de R$ 24.000 é R$ 12.000 seria o valor máximo desse carro.
Porém essa regra do valor do carro ser equivalente a metade da renda anual só vale para a família que está sem dívida. Se você está no QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO COM DINHEIRO e precisa pagar suas dívidas, deve comprar um carro de valor inferior e pagar esse carro  a vista
A sua prioridade nesse momento é o de ATACAR as dívidas até que você consiga ficar sem dívidas.
Depois você passará para o QUINTO DEGRAU (que é o de economizar o equivalente a 4 meses de despesas), e depois disso pensar em trocar de carro por um carro de maior valor. Você precisa fazer sacrifícios financeiros hoje para ter sucesso financeiro no futuro.

FRASE DE INSPIRAÇÃO
“As pessoas dividem-se entre aquelas que poupam como se vivessem para sempre e aquelas que gastam como se fossem morrer amanhã.”
Aristóteles

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.
Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast2

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!