Décimo Degrau: Monitore e Ajuste os seus Investimentos

--1361792087I9yUau, que jornada! Se você verificou todos os degraus que foram descritos e explorados no www.dinheirobrasil.com, você teve a oportunidade de fazer  uma viagem financeira onde você poderá aprender e aplicar todas as etapas ou “degraus” para tomar ações no curto, médio e longo prazo buscando uma base estrutural financeira representada pelos cinco primeiros degraus onde as ações tomadas permitirão que você tenha uma visão clara da sua condição financeira, pague suas dívidas e tenha uma reserva financeira importante em caso de alguma urgência financeira.
Já a partir do Sexto Degrau, você terá as ferramentas para investir na sua aposentadoria, planejar e atingir os seus projetos especiais, e tomar as ações que farão com que o seu patrimônio cresça constantemente e significativamente, através de investimentos em fundos que permitirão a você e sua família ter um futuro financeiro tranquilo.
Chegamos agora no Décimo Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro. É nesse momento que você deverá de forma estruturada monitorar e se necessário, ajustar os seus investimentos buscando maximizar o retorno financeiro e minimizar os riscos referentes a esses investimentos.
Nesse momento, você poderia por exemplo, buscar o auxílio de consultores financeiros que poderão sugerir os melhores investimentos para você ajustar os seus investimentos.
É importante mencionar que o consultor financeiro terá a participação de apenas sugerir investimentos, e explicar as diferenças dos diversos investimentos para que você primeiramente entenda onde poderá aplicar. Esse suporte deverá ser o suficiente para que você realmente saiba e entenda as diferenças de várias opções de investimentos. A decisão final de onde investir o seu dinheiro deverá ser somente sua.
Você nunca deverá ter a atitude de simplesmente transferir a decisão de investimento para esse consultor ou consultora. A decisão tem que ser sua. O dinheiro é seu, e portanto se o investimento for ruim, você que perderá esse dinheiro. O consultor tem o papel de somente ajudar e explicar. A decisão de investimento deverá ser sua.
Procure sempre que for investir em, por exemplo, algum fundo de investimento, analisar qual foi o histórico de rentabilidade de no mínimo os últimos 10 anos comparados com a inflação do período. Isso lhe trará mais confiança em investir em uma opção de investimento comparada com uma outra opção.
É obrigação desse consultor financeiro não só sugerir para você o melhor investimento, mas também lhe dar as ferramentas necessárias para que você tome a melhor decisão. E uma das principais ferramentas que irá lhe ajudar nessa decisão é o histórico de rentabilidade dos últimos 10 anos. Caso esse consultor não tenha essa informação e não consiga essa informação para você, então procure outro consultor. Um profissional sério, além de ter a paciência de te explicar as opções com paciência e com didática, ele ou ela também deverão lhe fornecer o histórico de rentabilidade comparada com a inflação. Sempre compare a rentabilidade passada com a inflação do período, pois isso irá lhe indicar o ganho REAL desse investimento.
Uma boa rentabilidade média de um período de 10 anos ou mais, é uma rentabilidade de 10% ACIMA DA INFLAÇÃO.
Vamos exemplificar esse exemplo de rentabilidade. Se considerarmos o período entre 2006 e 2015, a inflação média nesse período foi de 7,7% (inflação acumulada de 77% no últimos 10 anos). Portanto ao buscar um investimento que tenha uma rentabilidade média superior a inflação, esse investimento deve ter uma rentabilidade média de 17,7% sem considerar a inflação ou de 10% ACIMA DA INFLAÇÃO.
Uma aplicação que ficou muito próxima dessa rentabilidade foram os fundos com referência no CDI, que corresponde a uma aplicação em Renda Fixa, que teve uma rentabilidade média de aproximadamente 9,5% acima da inflação.
Estou mencionando aqui aplicação principalmente em Fundos de Investimentos, porém muitas pessoas também buscam investir em imóveis. Essa pode ser uma boa opção para que você possa diversificar os seus investimentos, isto é, para que você tenha não somente um tipo de investimento.
Você pode ter a estratégia de investir em fundos de investimentos e também em imóveis. Você pode optar em ter, por exemplo 70% em fundos de investimentos e 30% do se patrimônio em imóveis.
Caso você tome a decisão de investir em imóveis, sugiro que você compre esses imóveis sempre à VISTA. Você poderá usar a estratégia de iniciar fazendo investimentos e depois que acumular um montante suficiente para deixar parte do valor nesse fundo de investimento e a outra parte para comprar um imóvel a vista, diversificando o seu investimento, então essa poderá ser uma boa opção.
Vamos assumir que você conseguiu acumular em fundos de investimento o valor total de R$ 500.000. Para diversificar os seus investimentos, você poderá manter R$ 300 000 nos fundos de investimentos e utilizar R$ 200.000 para comprar um imóvel à vista.
Essa é uma das opções para você monitorar os seus investimentos, e fazer ajustes caso você acredite que poderá fazer alterações como essa nos seus investimentos.
O importante é que você tenha uma rotina para fazer o acompanhamento dos seus investimentos, e que preferencialmente, tenha um consultor financeiro que poderá lhe apoiar e passar informações sobre investimentos de médio e longo prazo que estão disponíveis no mercado financeiro.