Categoria: Podcast

Logo Podcast Dinheiro BrasilUau, que jornada! Nos últimos 7 podcasts fizemos uma viagem financeira onde você pode aprender todas as etapas ou “degraus” para tomar ações no curto, médio e longo prazo buscando uma base estrutural financeira representada pelos cinco primeiros degraus onde as ações tomadas permitirão que você tenha uma visão clara da sua condição financeira, pague suas dívidas e tenha uma reserva financeira importante em caso de alguma urgência financeira.

Já a partir do Sexto Degrau, você terá as ferramentas para investir na sua aposentadoria, planejar e atingir os seus projetos especiais, e tomar as ações que farão com que o seu patrimônio cresça constantemente e significativamente, através de investimentos em fundos que permitirão a você e sua família ter um futuro financeiro tranquilo.

Chegamos agora no Décimo Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro. É nesse momento que você deverá de forma estruturada monitorar e se necessário, ajustar os seus investimentos buscando maximizar o retorno financeiro e minimizar os riscos referentes a esses investimentos.
Nesse momento, você poderia por exemplo, buscar o auxílio de consultores financeiros que poderão sugerir os melhores investimentos para você ajustar os seus investimentos.
É importante mencionar que o consultor financeiro terá a participação de apenas sugerir investimentos, e explicar as diferenças dos diversos investimentos para que você primeiramente entenda onde poderá aplicar. Esse suporte deverá ser o suficiente para que você realmente saiba e entenda as diferenças de várias opções de investimentos. A decisão final de onde investir o seu dinheiro deverá ser somente sua.

Você nunca deverá ter a atitude de simplesmente transferir a decisão de investimento para esse consultor ou consultora. A decisão tem que ser sua. O dinheiro é seu, e portanto se o investimento for ruim, você que perderá esse dinheiro. O consultor tem o papel de somente ajudar e explicar. A decisão de investimento deverá ser sua.

Procure sempre que for investir em, por exemplo, algum fundo de investimento, analisar qual foi o histórico de rentabilidade de no mínimo os últimos 10 anos comparados com a inflação do período. Isso lhe trará mais confiança em investir em uma opção de investimento comparada com uma outra opção.

É obrigação desse consultor financeiro não só sugerir para você o melhor investimento, mas também lhe dar as ferramentas necessárias para que você tome a melhor decisão. E uma das principais ferramentas que irá lhe ajudar nessa decisão é o histórico de rentabilidade dos últimos 10 anos. Caso esse consultor não tenha essa informação e não consiga essa informação para você, então procure outro consultor. Um profissional sério, além de ter a paciência de te explicar as opções com paciência e com didática, ele ou ela também deverão lhe fornecer o histórico de rentabilidade comparada com a inflação. Sempre compare a rentabilidade passada com a inflação do período, pois isso irá lhe indicar o ganho REAL desse investimento.

Uma boa rentabilidade média de um período de 10 anos ou mais, é uma rentabilidade de 10% ACIMA DA INFLAÇÃO.

Vamos exemplificar essa rentabilidade. Se considerarmos o período entre 2006 e 2015, a inflação média nesse período foi de 7,7% (inflação acumulada de 77% no últimos 10 anos). Portanto ao buscar um investimento que tenha uma rentabilidade média superior a inflação, esse investimento deve ter uma rentabilidade média de 17,7% sem considerar a inflação ou de 10% ACIMA DA INFLAÇÃO.

Uma aplicação que ficou muito próxima dessa rentabilidade foram os fundos com referência no CDI, que corresponde a uma aplicação em Renda Fixa, que teve uma rentabilidade média de aproximadamente 9,5% acima da inflação.
Estou mencionando aqui aplicação principalmente em Fundos de Investimentos, porém muitas pessoas também buscam investir em imóveis. Essa pode ser uma boa opção para que você possa diversificar os seus investimentos, isto é, para que você tenha não somente um tipo de investimento.

Você pode ter a estratégia de investir em fundos de investimentos e também em imóveis. Você pode optar em ter, por exemplo 70% em fundos de investimentos e 30% do se patrimônio em imóveis.

Caso você tome a decisão de investir em imóveis, sugiro que você compre esses imóveis sempre à VISTA. Você poderá usar a estratégia de iniciar fazendo investimentos e depois que acumular um montante suficiente para deixar parte do valor nesse fundo de investimento e a outra parte para comprar um imóvel a vista, diversificando o seu investimento, então essa poderá ser uma boa opção.

Vamos assumir que você conseguiu acumular em fundos de investimento o valor total de R$ 500 000. Para diversificar os seus investimentos, você poderá manter R$ 300 000 nos fundos de investimentos e utilizar R$ 200 000 para comprar um imóvel à vista.
Essa é uma das opções para você monitorar os seus investimentos, e fazer ajustes caso você acredite que poderá fazer alterações como essa nos seus investimentos.
O importante é que você tenha uma rotina para fazer o acompanhamento dos seus investimentos, e que preferencialmente, tenha um consultor financeiro que poderá lhe apoiar e passar informações sobre investimentos de médio e longo prazo que estão disponíveis no mercado financeiro.

NOTICIA DA SEMANA

Nessa parte do podcast, vou incluir uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e também fazer meu comentário referente ao assunto.

Essa notícia foi publicada hoje, dia 26 de fevereiro de 2016 no site Infomoney.

Conheça o 1º escritório de investimentos com mais de R$ 1 bi em patrimônio – InfoMoney

http://www.infomoney.com.br/onde-investir/renda-fixa/noticia/4655632/conheca-escritorio-investimentos-com-mais-patrimonio

“A imagem de que o assessor de investimentos é um especialista no mercado acionário e deve ajudar o client apenas nas transações da Bolsa de Valores acabou. Após anos de um mercado de renda variável em crise, os agentes autônomos entenderam que precisariam se adaptar ao novo cenário se quisessem continuar no negócio.”

Essa notícia é para mostrar que existem opções de escritórios e consultores de investimentos que poderão lhe ajudar a maximizar o retorno dos seus investimentos financeiros. São especialistas que estão constantemente recebendo informações e estudando o mercado. Entre em contato com esses consultores, e procure entender as opções disponíveis para que você tome a decisão de onde investir. A decisão deverá ser sua. Você irá utilizar o suporte e as informações do consultor financeiro, mas você deverá tomar a decisão final.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO

Nessa parte do podcast, vou ler uma ou algumas perguntas enviadas por você ouvinte e respondê-la com o meu ponto de vista.

Entre no site www.dinheirobrasil.com/contato e mande a sua pergunta ou comentário.
No site, você também encontrará detalhes da nossa pagina do Facebook e da nossa conta no Twitter.

“Pereira, já estou no Décimo Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro, não tenho nenhuma dívida, minha casa já está paga, e tenho aproximadamente R$ 200 mil aplicados em Fundos de Investimento. Estou pensando em utilizar esses R$ 200 mil para comprar uma casa a vista. Você acha que devo fazer essa compra?“

Obrigado pela pergunta e parabéns pelo seu sucesso em suas finanças. Primeiramente seria importante saber a sua idade e se você já está perto de aposentar. Quanto mais próximo da aposentadoria você estiver, mais você precisa ter acesso rápido ao seu dinheiro em caso de necessidade, isto é, você precisa ter parte do seu dinheiro em investimentos que lhe permita sacar esse dinheiro de forma rápida caso você precise. E nesse caso, se você investir todo o seu dinheiro em um imóvel, esse dinheiro não estará acessível no curto prazo, pois o imóvel tem o que se chama no mundo financeiro de baixa liquidez, isso é, você precisará possivelmente de meses para vender o imóvel e receber o pagamento da venda para ter o dinheiro em mãos.
Quando falamos de investimento, falamos também de diversificação desse investimento. Portanto, você colocar todo o seu dinheiro em um único imóvel na minha opinião não é o ideal. Sugiro que você continue a aumentar o seu patrimônio e por exemplo, chegando em aplicações no valor de R$ 300 mil, ai você poderia comprar um imóvel no valor de 100 mil ou 150 mil para diversificar o seu investimento,
Uma outra opção é você procurar um imóvel no valor de R$ 100 mil. Com isso você passa a ter R$ 100 mil aplicados em fundos de investimento e outros R$ 100 mil aplicados em um imóvel que poderá poderá valorizar no médio e longo prazo e que poderá também ser alugado, gerando uma renda adicional.

FRASE DE INSPIRAÇÃO

Nesse bloco do podcast, eu menciono uma frase conhecida ou não de um autor, conhecido ou não.

“Juros compostos é a Oitava Maravilha do Mundo. Aquele que entende isso, ganha com isso, aquele que não entende, paga por isso.”
Albert Einstein – Fisico e Filosofo Alemão que criou a Teoria da Relatividade

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.

Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast8

Se você gostou do PODCAST DINHEIRO BRASIL, vá no iTunes da Apple e assine o podcast. Isso fará com que mais pessoas conheçam o podcast, o que potencialmente serão mais pessoas que poderão seguir o caminho passo a passo RUMO AO SUCESSO COM O DINHEIRO.

PROMOÇÃO

Agora caso você queira me contactar, temos vários canais de contato.
Envie comentários no site www.dinheirobrasil.com
Email: dinheiropodcast@gmail.com
No twitter na conta @dinheirobrasil1
E na pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

Parabéns, se você atingiu o nono degrau rumo ao sucesso financeiro, chegou a hora de usufruir o seu dinheiro de forma tranquila e investir fortemente para que você aumente a sua riqueza financeira. Não tenho dúvida que você teve que tomar decisões difíceis, abrindo mão de prazeres para você e para sua família para chegar nesse ponto da sua vida financeira ao passar pelos OITO DEGRAUS anteriores, mas você provou que já tem a determinação e disciplina para vencer financeiramente.
Agora chegou o momento onde você verá sua riqueza crescer exponencialmente, e você poderá aproveitar um pouco mais tranquilamente a sua saudável condição financeira.
Agora, ao preparar o Orçamento Mensal, você deverá definir qual será o valor mensal que você estará utilizando para aplicar em um fundo financeiro, valor esse que a médio e longo prazo, irá crescer com a “mágica” entre aspas do juros compostos, ou seja, o rendimento mensal que irá se acumular a médio e longo prazo em suas aplicações financeiras.
Ao falarmos em opções de investimento, em já mencionei no SEXTO DEGRAU, mas vou repetir aqui:
Existem vários tipos de aplicações financeiras que poderão ser consideradas para que você invista o seu dinheiro, porém é importante mencionar que a POUPANÇA não é uma opção a ser considerada para investimento de médio e longo prazo. A poupança irá simplesmente compensar a inflação eu até ficar abaixo da inflação do período, e portanto, não fará com que o seu dinheiro CRESÇA a longo prazo.
A poupança ou uma outra aplicação de baixo risco como um fundo DI poderá ser considerada para que você guarde o fundo de reserva equivalente a QUATRO MESES DE SALÁRIO, que foi mencionado no QUINTO DEGRAU.
Uma das sugestões de APLICAÇÕES FINANCEIRAS para médio e longo prazo são os FUNDOS DE INVESTIMENTOS. Verifique também um fundo de RENDA FIXA, e compare as opções no longo prazo, isto é, com pelo menos os últimos 10 anos de rendimentos.
Procure marcar uma reunião em pelo menos três bancos, e tente buscar fundos de investimentos que tenham os seguintes elementos:

– Baixa aplicação inicial, uma aplicação que seja compatível com o seu inicio de investimento;
– Um histórico de resultados e rendimentos de, preferencialmente 10 anos, mas a partir de 5 anos de histórico já é um bom começo;
– Um custo de investimento baixo, isto é, baixo percentual de taxa de administração
– Nesse histórico de resultados e rendimentos, tenha uma média de rendimentos com pelo menos 5% acima da inflação no ano. Por exemplo: A Inflação de 2014 foi de 6.14% no ano, portanto o rendimento de um fundo de investimento específico, deve ser de no mínimo 11.14% ao ano, o que é 5% acima da inflação de 2014; Idealmente, um rendimento médio de 10% acima da inflação seria excelente. Fundos atrelados ao CDI tem apresentando excelentes retornos financeiros por volta dos 10% acima da inflação nos últimos 10 anos.

Uma outra opção de investimento a médio e longo prazo que também é utilizado por muitos investidores é a compra de imóveis que a curto prazo, gera renda vinda do aluguel, e a médio e longo prazo, tem uma valorização financeira que também irá contribuir para o crescimento da sua riqueza. Talvez o investimento em imóvel seja parte da sua estratégia de diversificar o seu investimento financeiro.
Portanto, ao fazer o seu Orçamento Mensal, analise e defina quanto você poderá investir:
Se após o pagamento das despesas, lhe sobre R$ 300 no mês, então você poderá aplicar esses R$ 300.
Se após o pagamento das despesas, lhe sobre R$ 1 000 no mês, então você poderá MAXIMIZAR essa aplicação, fazendo com que o seu dinheiro cresça de forma ainda mais acelerada.
Sobrou R$ 5 000 para ser aplicado no mês, então aplique os R$ 5 000. Quanto maior for o valor a ser investido, maior será a sua RIQUEZA quando chegar a hora da sua aposentadoria.
É importante também mencionar que nessa etapa da sua vida financeira, esse é o momento que você está em condições de ajudar ao próximo sem se preocupar com as despesas que deverá pagar. É nesse momento que você poderá contribuir com pessoas conhecidas ou desconhecidas, ou com instituições sociais ou Organizações Não Governamentais, para que elas tenham algum tipo de ajuda ou contribuição para que elas possam melhorar a sua condição financeira ou possam ter algum tipo de conforto que você poderá oferecer a essas pessoas.

NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.

http://economia.terra.com.br/confira-20-dicas-para-chegar-ao-primeiro-milhao,9008a89f788da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

“Pode parecer apenas um sonho ou roteiro de filme, mas é mais fácil do que você pensa. Chegar ao primeiro milhão é uma questão de organização, foco e estratégia, além de claro, economia. Segundo especialistas em finanças pessoais, economizando e investindo R$ 16,66 por dia, durante 30 anos, você pode alcançar essa meta. Mais do que uma fórmula para criar milionários, confira algumas dicas de boas práticas com suas finanças pessoais que, se não forem transformá-lo em milionário, podem deixar sua relação com o dinheiro muito mais saudável.”
NO artigo existem várias sugestões de economizar dinheiro, evitar gastos desnecessários, criar o hábito de investir. Essas sugestões poderão ser aplicadas no seu dia a dia para que você cada vez mais tenha foco nas suas ações diárias de buscar o sucesso financeiro. Confira o artigo através do link que está no nosso site.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e respondê-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta.

Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

Hoje vou responder a seguinte pergunta:

“Pereira, estou começando o Nono Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro. Já estou depositando 15% em um fundo de Previdência Privada, e esse mês vou ter aproximadamente R$ 2000 adicionais para investir e aumentar meu patrimônio. Estou pensando em comprar ações de uma empresa. Você acha que esse investimento em ações é uma boa opção de investimento?”

Obrigado pela pergunta e parabéns pela sua disciplina e pelo seu sucesso financeiro.
Minha resposta é que você NÃO DEVE investir em ações começando o nono degrau. Investir em ações é um investimento de ALTO RISCO, pois tanto poderá valorizar rapidamente no curto prazo, como poderá também desvalorizar. Se você realmente quer investir em ações, isso deverá ser feito quando você já tiver investimento financeiro em outras opções de menor risco, como FUNDOS DE INVESTIMENTOS ATRELADOS AO CDI OU INVESTIMENTOS EM PROPRIEDADES. Minha sugestão é que no máximo 10% dos seus investimentos financeiros estejam direcionados para ações, pois o seu risco está atrelado a uma empresa em específico, e caso essa empresa vá mal, então as suas ações irão desvalorizar. Veja o exemplo da PETROBRÁS.
Novamente obrigado pela pergunta e muito sucesso para você.

FRASE DE INSPIRAÇÃO

“Não é sobre quanto dinheiro você ganha, mas quanto dinheiro você economiza, como esse dinheiro trabalha para você, e quantas gerações você irá ajudar com o dinheiro”
Robert Kiyosaki – investidor Americano, autor de livros e um apresentador motivacional

Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast7
Se você gostou do PODCAST DINHEIRO BRASIL, vá no iTunes da Apple e assine o podcast. Isso fará com que mais pessoas conheçam o podcast, o que potencialmente serão mais pessoas que poderão subir A ESCADA COM OS DEZ DEGRAUS RUMO AO SUCESSO COM O DINHEIRO.
Envie comentários no site www.dinheirobrasil.com
Email: dinheiropodcast@gmail.com
No twitter na conta @dinheirobrasil1
E na pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

Logo Podcast Dinheiro BrasilOITAVO DEGRAU – ATACAR A DIVIDA DO SEU EMPRÉSTIMO DA CASA PRÓPRIA
Se você já está no oitavo degrau PARABÉNS, você está vencendo no assunto dinheiro.
Vamos recapitular a sua situação financeira: Você se planejou e sacrificou uma série de situações de possíveis gastos com compras e desejos pessoais para que você tivesse dinheiro para atacar as suas dívidas e iniciar uma reserva financeira. Com essa atitude consciente com o seu dinheiro, você comprovadamente está vencendo financeiramente e já está na frente da maioria absoluta da população. Você não tem mais dívidas, você já economizou o equivalente a QUATRO meses de despesas, você já está depositando 15% da sua renda mensal em um fundo financeiro com foco na sua aposentadoria e você já iniciou um fundo para cobrir as despesas referentes um projeto especifico, como a troca de um veículo.
Agora, a sua situação financeira atual é excelente para você atingir mais uma importante etapa no seu sucesso com o dinheiro, que é quitar a sua casa própria. A compra da casa própria é a maior responsabilidade financeira da maioria das famílias, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Imagine você com ZERO em dívidas e com a casa paga. Você poderá então ACELERAR  o próximo degrau rumo ao aumento da sua RIQUEZA FINANCEIRA.
Vamos detalhar agora a parte prática no Oitavo Degrau:

Você deverá antes de começar o mês, preparar um orçamento mensal onde irá definir para onde irá cada moeda da sua renda. Nesse orçamento você não terá mais nenhuma dívida, mas talvez você tenha um plano de por exemplo, trocar o seu carro por um carro melhor, e para isso, precisará pagar a vista o novo veículo, e portanto talvez queira iniciar uma reserva de investimento com foco específico na troca do seu veículo. Estando no sexto passo, esse tipo de projeto de compra é perfeitamente normal, mas não esqueça de comprar esse veículo a vista. Como você já tem todas as suas dívidas pagas com excessão da casa própria e já tem uma reserva equivalente a 6 meses de despesas, você poderá economizar para por exemplo comprar ou trocar de carro, por um carro melhor.
Voltando ao orçamento mensal. Ao finalizar esse orçamento mensal, você observou que terá por exemplo, R$ 1000 que poderá ser utilizado para “AMORTIZAR” a dívida existente, ou seja, o pagamento será utilizado para reduzir o valor principal da dívida da casa própria. É importante mencionar que esse dinheiro previsto para abater a dívida da casa própria não deverá ser utilizado para adiantar o pagamento da parcela do mês atual ou do mês seguinte, e sim deverá ser utilizado para AMORTIZAR o saldo da dívida existente. Portanto, fale com o banco onde você tem a dívida da casa própria e informe que você quer AMORTIZAR esse valor da dívida atual existente.
Se você fizer essa amortização na dívida da casa própria, em geral você terá duas opções referente a dívida:
A primeira opção será o de reduzir o valor da parcela mensal que você normalmente paga. Essa opção manterá o número de parcelas que você irá pagar até quitar a dívida da casa própria.
A segunda opção será o de reduzir o número de parcelas futuras a serem pagas. Eu sugiro que você considere essa segunda opção, pois reduzindo o número de parcelas a serem pagas no futuro, você estará antecipando a situação onde você estará completamente sem nenhuma dívida e atingindo esse ponto o quanto antes, melhor para que você possa acelerar o sétimo passo rumo ao sucesso com dinheiro que é o de aumentar o seu patrimônio liquido e consequentemente a sua riqueza financeira.
A tenha certeza de uma coisa, quando você atingir a situação onde você não tem nenhuma dívida, e sua casa estiver totalmente paga, você e sua família estarão em uma condição onde a tranquilidade financeira e pessoal passará a fazer você ter muito menos preocupações ao deitar na sua cama para dormir.

NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1733883-mercado-preve-juros-maiores-para-a-compra-da-casa-propria.shtml

Mercado prevê juros maiores para a compra da casa própria

“Os saques da poupança, fonte de recursos para o financiamento imobiliário, e a alta no mercado de juros futuros devem elevar as taxas cobradas nos empréstimos para a aquisição de imóveis.
A avaliação é de Gilberto Duarte de Abreu Filho, presidente da ABECIP (Associação das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).”

O meu comentário é para alertá-los que as incertezas econômicas e políticas no Brasil fará com que as instituições financeiras assumam que empréstimos passam a ter um risco muito maior, porque as instabilidades fazem com que as pessoas que fazem os empréstimos pessoais para a casa própria terão mais instabilidades econômicas, aumentando o risco dos Bancos de não receberem os pagamentos devidos desses empréstimos.
Portanto, isso deve ser enxergado por você que tem empréstimo referente a Casa Própria a fazer um esforço ainda maior para quitar essa dívida, pois essa dívida tem uma taxa de juros alta, que faz com que uma parte maior do seu suado dinheiro seja utilizado para pagamento de juros, ao invés de ser utilizado para o aumento da sua riqueza.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog
Hoje vou responder a seguinte pergunta:

“Pereira, um amigo me informou que eu posso mudar a minha dívida de Financiamento da Casa própria de um banco para outro. Quais as vantagens de fazer isso?”

Obrigado pela pergunta. Vamos lá para a resposta:
Sim, a mudança da dívida de Financiamento da Casa Própria que utiliza recursos do FGTS, poderá ser feita de um banco para outro, e se chama “Portabilidade”
Essa opção deve ser explorada quando você tiver uma oferta de portabilidade de um banco oferecendo melhores condições de juro, por exemplo. Você poderá pesquisar as possibilidades de Portabilidade de alguns bancos, e comparar com a taxa de juros que você paga atualmente, comparar também as taxas de administração cobradas, e verificar se você tem uma oferta melhor que a que você paga atualmente no seu banco. Uma outra vantagem é que os custos para transferir o seu empréstimo de um banco para outro não poderá ser cobrada de você.
A mudança do tipo de amortização não poderá ser mudada. Se você tem um financiamento que utiliza o SAC (Sistema de Amortização Constante), que tem prestações que vão reduzindo o valor, deverá manter essa opção.
Se você tem o financiamento do tipo Tabela Price, em que as parcelas tem o valor fixo, deverá manter essa opção na mudança de banco.
Sugiro você fazer uma pesquisa no mercado, visitar outros bancos e verificar se a portabilidade pode ser uma vantagem para você consiga reduzir os juros do seu financiamento, ajudando você a acelerar o pagamento dessa dívida. Mas tenha certeza que para que você consiga  quitar essa divida, você precisa de um esforço muito maior que somente trocar de banco.

FRASE DE INSPIRAÇÃO

“O que mais pode ser adicionado a um homem com saúde, sem dívidas e com a consciência limpa?”

Adam Smith – Economista Escocês nascido em 1723

PROMOÇÃO
Eu já mencionei nos podcasts anteriores que iniciei um projeto para auxiliar três pessoas ou familias a iniciarem o caminho rumo ao sucesso com dinheiro.
A idéia é que nos final dos meses de Janeiro, Fevereiro e Março,  eu escolha uma pessoa onde irei oferecer uma consultoria individual, auxiliando essa pessoa no passo a passo rumo ao sucesso financeiro pessoal.
Como o mês de Janeiro já terminou, tenho a feliz notícia de anunciar que uma pessoa já foi escolhida para participar desse Coach Pessoal Financeiro. Isso mesmo, já temos uma pessoa que em breve estarei iniciando esse programa rumo ao Sucesso Financeiro.
Estarei no final dos meses de Fevereiro e Março escolhendo mais uma pessoa por mês. Portanto, vá até o site dinheirobrasil.com/contato, cadastre o seu Nome e email na nossa lista de emails para receber dicas para economizar dinheiro, e poder participar dessa promoção.
Essas três pessoas escolhidas não terão nenhum custo. Essa é uma forma que eu encontrei de ajudar três indivíduos a ter um programa de curto médio e longo prazo para o Sucesso Financeiro.

Agradecimento
Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast6 (numero 6)
Se você gostou do PODCAST DINHEIRO BRASIL, vá no iTunes da Apple e assine o podcast. Isso fará com que mais pessoas conheçam o podcast, o que potencialmente serão mais pessoas que poderão seguir o caminho passo a passo RUMO AO SUCESSO COM O DINHEIRO.
Envie comentários no site www.dinheirobrasil.com
Email: dinheiropodcast@gmail.com
No twitter na conta @dinheirobrasil1
E na pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!
UM ABRAÇO E ATÉ O PRÓXIMO PODCAST.

Logo Podcast Dinheiro BrasilSÉTIMO DEGRAU – INVESTIR PARA PROJETOS ESPECIAIS
Você chegou no Sétimo Degrau, chegou a hora de começar a colocar em prática alguns dos projetos que você e sua família sempre sonharam em conquistar.
Todos os esforços que você e sua família colocaram em prática até esse momento para conquistar um futuro financeiro tranquilo, devem ser considerados como etapas, os degraus a serem conquistados para que vocês possam também usufruir da sua condição financeira de maneira tranquila. E chegou o momento de começar a planejar essas conquistas e esses projetos. E cada pessoa, cada família, tem projetos diferentes, que precisaram de valores financeiros diferentes. A intenção é que você economize o dinheiro necessário para atingir esse sonho pagando à vista. Você não deverá nunca mais pensar em comprar algo para fazer pagamentos mensais. Compre tudo a vista.
Ao chegar nessa etapa do seu planejamento financeiro, você poderá por exemplo, iniciar um fundo de investimento com foco na troca do seu veículo, por exemplo, para um veículo melhor e ou mais novo.
Se você e sua família tem o sonho de fazer uma grande viagem, ótimo. Você já está em condições de começar a planejar essa maravilhosa viagem.
Você tem um filho ou filha, e pretende iniciar um fundo financeiro para custear os estudos dele ou dela quando chegarem na universidade. Excelente! Chegou a hora de começar a planejar esse fundo financeiro e começar a fazer o investimento mensal necessário para alcançar esse projeto.
Você quer planejar uma festa para celebrar os 10 anos de casado. Fantástico. Comece a aplicar em um fundo que irá cobrir as despesas dessa festa, e que você tenha condição de pagar à vista.
Vamos para um exemplo prático:
Você iniciou os Dez Degraus Rumo ao Sucesso Financeiro com um carro com 10 anos de uso e que já estava gerando alguns problemas mecânicos. Você tomou a decisão de ficar com esse carro, e foi avançando nos Degraus Financeiros, pagou as suas dívidas, conseguiu economizar o equivalente a 4 salários mensais, já está aplicando na sua aposentadoria, e agora finalmente alcançou o Sétimo Degrau.
Você tem um carro que tem o valor atual de R$ 5 000, e você gostaria de comprar um carro no valor de R$ 15 000.
Você tem um salário mensal de R$ 4 000 por mês, que equivale a R$ 48 000 por ano.
Aconselho que as pessoas ou famílias não tenha veículos que tenham um valor superior a 6 meses de salário.
Portanto, um carro no valor de R$ 15 000 tem um valor inferior a 6 meses do seu salário, que nesse exemplo específico será R$ 24 000 ou 6 vezes R$ 4 000.
Ao fazer o seu Orçamento Mensal, pagando suas despesas e depositando 15% do seu salário para um fundo de aposentadoria, ainda lhe sobra R$ 1 000 no mês que poderá ser utilizado para a troca do seu carro por um carro melhor.
Como o seu carro vale R$ 5 000, você precisará economizar R$ 10 000 para trocar de carro, que nesse exemplo será uma economia de R$ 1 000 por mês, e portanto após 10 meses, você terá o dinheiro necessário para trocar o seu carro de R$ 5 000 por um carro com valor de R$ 15 000, pagando À VISTA pela troca.
Esse raciocínio será válido para qualquer tipo de Projeto Especial que você tenha. Economize um valor todos os meses, aplique em um fundo financeiro de baixo risco, e quando você conseguir economizar o valor total, pague À VISTA, seja a troca de um carro, uma viagem com a família, uma festa para comemorar uma data especial, ou um fundo para a educação dos filhos.
Parabéns e comece a aproveitar um pouco do esforço financeiro que você e sua família mantiveram até esse momento. Parabéns.

VAMOS PARA A NOTICIA DA SEMANA

Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.

6 passos para tirar do papel o sonho de estudar fora em 2016

28.12.15
“6 passos para tirar do papel o sonho de estudar fora em 2016
Entenda o que você realmente quer e qual é o seu perfil como estudante
Pesquise bastante e escolha muito bem seu destino
Informe-se sobre as melhores formas de lidar com o câmbio
Tire suas dúvidas com consulados, embaixadas e representantes
Defina o idioma e a instituição de ensino
Comece a se preparar: veja documentos necessários e como funciona o processo de candidatura”

Eu escolhi essa notícia porque para a grande maioria dos brasileiros, a possibilidade de estudar fora, em geral, é muito pequena e quase inexistente.
Mas dependendo do seu planejamento financeiro no longo prazo, você pode se planejar para poder oferecer ao seu filho ou filha, a oportunidade de fazer algum curso no exterior, seja um curso para aprender um outro idioma, seja um curso curto para aprender sobre algum tema que ainda não é oferecido nas instituições brasileiras, ou algum curso complementar adicional a um curso remoto via internet, que a cada dia se populariza e aparece como oportunidade de educação e de ensino. Pense nessas possibilidades, pois a educação é sempre um bom investimento, desde que essa educação tenha uma aplicação prática na nossa sociedade.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

Hoje vou responder a seguinte pergunta:

“PEREIRA, ESTOU NO SÉTIMO DEGRAU RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO, e estou planejando investir R$ 300 por mês, planejando esse fundo de investimento para pagar a Universidade da minha filha que tem 5 anos de idade. Esse valor é suficiente?”

Obrigado pela pergunta e parabéns por ter a organização e a disciplina financeira que você tem para estar no Setimo Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro.
Primeiramente, você tem que ter uma idéia das despesas a serem consideradas para ter um filho na Universidade. Cada caso é um caso específico.
Mas vamos primeiro fazer uma conta rápida do valor que você está planejando investir mensalmente.
Vamos considerar que sua filha entrará na Universidade com 18 anos de idade. Então você tem 13 anos para investir. Considerando 13 anos vezes 12 meses teremos 156 meses.
156 meses vezes R$ 300 por mês dará um total investido de aproximadamente R$ 47 mil reais ou o equivalente a R$ 9.300 por ano de despesas. Essa é a matemática pura e simples.
Se considerarmos que o seu investimento terá um ganho real de 5% ao ano aproximadamente 0.4% ao mês de ganho real acima da inflação, depositando os mesmos 300 todos os meses, você terá ao final de 13 anos de investimento aproximadamente R$ 65.000
Agora, se você for aumentando o valor das parcelas em 5% ao ano, você terá em 13 anos um total de R$ 88.000, o que equivale a mais de R$ 17.000 por ano em 5 anos de curso.
Acho que você está no caminho certo, o valor dr R$ 300 por mês é um bom número para começar os depósitos no seu caso específico, e conforme o inicio da Universidade da sua filha for chegando, você poderá ajustar o valor dos depósitos.
Se você puder aumentar um pouco mais o valor dessas mensalidades, será melhor. Novamente, dependo do custo previsto para as despesas anuais da sua filha.

FRASE DE INSPIRAÇÃO

“O investimento em conhecimento paga os melhores juros”
Benjamin Franklin – Um dos fundadores dos Estados Unidos da America e que morreu em 1790

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.

Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast5

Se você gostou do PODCAST DINHEIRO BRASIL, vá no iTunes da Apple e assine o podcast. Isso fará com que mais pessoas conheçam o podcast, o que potencialmente serão mais pessoas que poderão subir a escada com os Degraus Rumo ao Sucesso Financeiro.

Envie comentários no site www.dinheirobrasil.com
Email: dinheiropodcast@gmail.com
No twitter na conta @dinheirobrasil1
E na pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

musica: www.bensound.com

Logo Podcast Dinheiro BrasilNesse podcast vou falar sobre o Sexto Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro – INVESTIR NA SUA APOSENTADORIA
Chegamos no sexto degrau rumo a uma aposentadoria que lhe de tranquilidade financeira.
Se você chegou até aqui e já concluiu os cinco primeiros 5 degraus, você já tem uma base financeira estrutural sólida e chegou o momento de passar para os degraus que irão lhe proporcionar o aumento do seu patrimônio financeiro, consequentemente aumentando a sua riqueza, degrau por degrau, de forma sólida e estruturada.
Esse é o momento em que você começará a ver claramente que todo o esforço e dedicação colocado por você e sua família nos cinco primeiros degraus rumo ao sucesso com o dinheiro será compensado com um crescimento forte e contínuo do seu patrimônio líquido que é a medida real da sua riqueza financeira.
Ao chegar no sexto degrau em direção ao sucesso com o dinheiro, você atinge um momento muito importante na sua vida financeira. Você passa a tomar ações diretas para aumentar o seu patrimônio.
Nesse sexto degrau, você deverá começar a investir 15% da sua renda familiar em um fundo de aplicação com foco na sua aposentadoria. A cada mês que se inicie e você está sem dívidas, pagando as despesas do mês e direcionando parte da sua renda familiar para uma aplicação financeira inteligente, você diretamente aumenta a sua riqueza financeira. Você passa a tomar uma ação direta de investir no presente maximizando a sua rentabilidade no futuro.
A palavra riqueza no Brasil tem um certo sentido destorcido. Existe uma impressão nas pessoas em geral que para se tornar RICO, ou para construir uma RIQUEZA financeira, a pessoa precisa ser jogador de futebol ou um cantor famoso, ou ter alguma habilidade fora do comum.
TIRE ESSE CONCEITO DA SUA CABEÇA.
Uma pequena minoria irá alcançar a RIQUEZA FINANCEIRA através de habilidades esportivas ou artísticas.
A palavra RIQUEZA é também RELATIVA. O que é uma riqueza financeira para alguns pode não ser para outros.
O nosso foco referente a palavra RIQUEZA aqui no podcast, é que você tenha uma estratégia de vida para acumular um PATRIMÔNIO suficiente para que você na sua aposentadoria, tenha recursos financeiros que lhe permita viver de forma confortável, preferencialmente mantendo o mesmo padrão financeiro que você teve durante a sua vida profissional, e que será mantido com os recursos financeiros que você acumulou durante a vida.
Esse recurso financeiro acumulado irá lhe proporcionar um rendimento e uma renda após a sua aposentadoria.
Você já pensou na possibilidade de se tornar MILIONÁRIO.
Ser milionário é, LITERALMENTE, possuir bens que totalizam mais de UM MILHÃO DE REAIS. São pessoas ou famílias que tem um PATRIMÔNIO ou RIQUEZA superior a UM MILHÃO DE REAIS. Se você somar todos os bens que você tem, subtrair todas as dívidas que você tem e o resultado for superior a 1 milhão, você é um milionário. Seu patrimônio líquido será superior a 1 Milhão de Reais.
E vamos imaginar que tendo 1 milhão de Reais investidos, e utilizando uma rentabilidade de 5% ao ano acima da inflação como renda, você terá anualmente R$ 50 mil reais de renda, o que corresponde a mais de R$ 4000 por mês, sem mexer no seu patrimônio principal de R$ 1 milhão.
Será que sendo um assalariado, você pode sonhar em ter uma riqueza de UM MILHÃO DE REAIS?
Vamos considerar algumas simulações financeiras:
EXEMPLO 1: Vamos considerar uma pessoa que começa a investir R$ 200 por mês aos 25 anos de idade. Quando chegar aos 60 anos com um rendimento médio de 10% ao ano acima da inflação (ou 0.8% ao mês), essa pessoa terá um total de R$ 1.120.500
VAMOS ANALISAR O EXEMPLO 2: Vamos considerar uma pessoa que começa a investir R$ 350 por mês aos 30 anos de idade. Quando chegar aos 60 anos com um rendimento médio de 10% ao ano acima da inflação (ou 0.8% ao mês), essa pessoa terá um total de R$ 1.200.000
Esses dois exemplos anteriores foram usados somente para lhe mostrar o PODER da aplicação financeira de longo prazo, onde os ganhos são acumulados no decorrer dos anos através da RENTABILIDADE do investimento, faz com que o dinheiro se acumule de forma sustentada e constante. Esse é o famoso benefício financeiro dos juros sobre juros.
E esses exemplos estão considerando que o investidor, manteve um valor fixo de investimento. Não é isso que estou sugerindo para você nesse podcast do DINHEIRO BRASIL número 4.
Se considerarmos que uma pessoa ou família já está no sexto degrau rumo ao sucesso com o dinheiro, significa que essa pessoa já está livre de dívidas, já tem uma reserva financeira equivalente a 4 meses de despesas, e pode aumentar significativamente o valor mensal a ser investido, para que o seu dinheiro passe por um processo de BOLA DE NEVE positiva.

Se você considerar a rentabilidade presente acumulada do investimento principal mais a soma das rentabilidades passadas, esse acúmulo financeiro do investimento permitirá um crescimento ainda mais acelerado dos investimentos e consequentemente da riqueza investida.
Como mencionei anteriormente, você precisa fazer nesse sexto degrau, um investimento no valor de 15% da sua renda mensal. Você deverá incluir esse valor de investimento no seu orçamento mensal.
Se você tem uma renda mensal de R$ 2 000, deverá investir R$ 300 por mês.
Se você tem uma renda mensal de R$ 5 000, deverá investir R$ 750 por mês.
Se você tem uma renda mensal de R$ 10 000, deverá investir R$ 1 500 por mês.
Existem vários tipos de aplicações financeiras que poderão ser consideradas para que você invista o seu dinheiro, porém é importante mencionar que a POUPANÇA não é uma opção a ser considerada para investimento de médio e longo prazo. A poupança irá simplesmente compensar a inflação, e portanto, não fará com que o seu dinheiro CRESÇA a longo prazo.
A poupança só deverá ser considerada para que você guarde o fundo de reserva equivalente as suas despesas mensais somadas de 4 meses de despesas da casa.
Uma das sugestões de APLICAÇÕES FINANCEIRAS para médio e longo prazo é o FUNDO DE INVESTIMENTOS. Verifique também um fundo de RENDA FIXA, e compare as opções no longo prazo, isto é, compare os últimos 10 anos de rendimentos desses fundos.
Procure marcar uma reunião em pelo menos três bancos, e tente buscar fundos de investimentos que tenham os seguintes elementos:
Tenha baixa aplicação inicial, uma aplicação que seja compatível com o seu valor inicial de investimento;
Um histórico de resultados e rendimentos de, preferencialmente 10 anos, mas a partir de 5 anos de histórico já é um bom começo;
próximo elemento
Um custo baixo para fazer o investimento (baixa taxa de administração).
Uma observação, ao verificar o histórico de resultados dos rendimentos, esses fundos deverão apresentar uma média de rendimentos com pelo menos 5% acima da inflação no ano. Por exemplo: A Inflação de 2014 foi de 6.14% no ano, portanto o rendimento de um fundo de investimento específico, deve ser de no mínimo 11.14% ao ano, o que é 5% acima da inflação de 2014; Idealmente, um rendimento médio de 10% acima da inflação seria excelente.
Em um podcast futuro, estaremos discutindo com mais detalhes outras opções de aplicação financeira, como TESOURO DIRETO, entre outros.
ÓTIMO, com o quarto passo rumo ao sucesso financeiro você definitivamente iniciou uma maratona rumo a sua RIQUEZA.

 

NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.
https://www.monetar.com.br/uau-street/rota-do-investidor/rota-do-investidor-coluna/as-melhores-e-piores-aplicacoes-em-20-anos

As melhores e piores aplicações em 20 anos de Real (30/Junho/2014)
“De 30 de junho de 1994 a 26 de junho de 2014, o CDI, taxa de juros que serve de referência para os investimentos de renda fixa, foi o que obteve o melhor desempenho: 631,70%, já com ajuste pela inflação oficial (IPCA) apurado até 31 de maio.
Isso significa que os investimentos em renda fixa mais conservadora foram, em média, os mais rentáveis. O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, indica que as ações vêm logo em seguida, com rendimento de 221,11%.
Já a poupança, aplicação queridinha dos brasileiros, rendeu apenas 103,20% – perdendo, portanto, de investimentos como títulos públicos, fundos DI, fundos de renda fixa e ações.

Fonte: Economatica”

UAU…. Quando encontrei essa noticia, que é de Junho de 2014, fiquei impressionado com o retorno do CDI, ou renda fixa, que é uma aplicação conservadora.
Se considerarmos 630% em 20 anos, JA CORRIGIDO A INFLAÇÃO, teremos uma rentabilidade média anual de aproximadamente 9.5% ao ano acima da inflação. Quase 10% médio acima da inflação.
Essa reportagem também é importante para mostrar que a aplicação na POUPANÇA, mesmo sendo uma aplicação SEGURA, não deve ser utilizado para rentabilidade no médio e longo prazo, como já mencionei anteriormente nesse podcast, pois tem uma rentabilidade muito BAIXA.
Outras aplicações como Ouro ou Moeda estrangeira, deve ser TOTALMENTE DESCONSIDERADAS nas aplicações de médio e longo prazo.

 

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta.

Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Email: dinheiropodcast@gmail.com
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

Hoje vou responder a seguinte pergunta:
“Estou iniciando o Sexto Degrau Rumo ao SUCESSO com Dinheiro. Não tenho mais dividas com excessão do pagamento da casa própria, tenho na poupança o equivalente a 4 meses de despesas da casa. Tenho um salário liquido de R$ 10.000 reais e vou iniciar uma aplicação em um Fundo Financeiro com R$ 1.500.
Conversei com o Gerente do meu banco que me sugeriu um Fundo Financeiro que nos últimos 10 anos teve um rendimento médio de 9% ao ano (entre 2005 e 2014), porém esse valor não está descontando a inflação do período. Gostaria de saber se essa é uma boa aplicação de longo prazo. “

Primeiramente, parabéns por ter atingido o Sexto Degrau rumo ao seu sucesso financeiro. Esse é um período fantástico, onde você inicia ações concretas para um futuro tranquilo em relação ao dinheiro.
A primeira coisa que me chama atenção na sua pergunta é que o rendimento médio de 9% não está descontado a inflação do período, e portanto, temos que saber qual foi a inflação média do período para descontarmos esse valor e sabermos qual a rentabilidade REAL desse fundo financeiro. Pesquisei e encontre que a inflação média entre 2005 e 2014 pelo IPCA foi de 5.41% (estou colocando o link no post desse PODCAST número 4 com a tabela mostrando a inflação mês a mês e anual dos últimos anos no Brasil).
Descontando 5.41% de 9% de rentabilidade média anual, chegaremos a uma rentabilidade média REAL DE 4.6%. Não é uma rentabilidade ruim, mas eu sugiro buscar uma rentabilidade superior a 5%, ou preferencialmente por volta de 10% ao ano. Observe que a rentabilidade de renda fixa (ou CDI),  teve uma média superior a 9%. Portanto sugiro verificar o CDI como uma das opções. Lhe desejo muito sucesso nessa nova fase da sua VIDA FINANCEIRA.

 

FRASE DE INSPIRAÇÃO
nesse bloco, eu menciono uma frase conhecida ou não de um autor, conhecido ou não.
“Não nos tornamos ricos graças ao que ganhamos, mas com o que não gastamos.”
Henry Ford – Fundador da empresa automobilística FORD
Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.

Se você gostou do PODCAST DINHEIRO BRASIL, vá no iTunes da Apple e assine o podcast. Isso fará com que mais pessoas conheçam o podcast, o que potencialmente serão mais pessoas que poderão Subir a Escada Rumo ao Sucesso Financeiro.

Agora caso você queira me contactar, temos vários canais de contato.
Envie comentários no site www.dinheirobrasil.com
Email: dinheiropodcast@gmail.com
No twitter na conta @dinheirobrasil1
E na pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

musica: www.bensound.com

Logo Podcast Dinheiro BrasilSe você tem seguido os DEZ DEGRAUS RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO, você já deve estar utilizando o formulário de orçamento mensal para planejar toda a sua vida financeira antes de começar o mês. Com esse orçamento preenchido e planejado, você já tem uma visão bastante próxima da realidade de despesas mensais da sua família.
Vamos assumir que a sua renda familiar líquida, isto é, o dinheiro que você recebe de salário mensal na conta bancária é de R$ 4.000 e vamos assumir também que você preparou o seu orçamento do mês.

Você já atingiu o PRIMEIRO, SEGUNDO, TERCEIRO E QUARTO DEGRAU, isto é, você está fazendo o Orçamento Mensal, já tem seguro de vida, você já tem reservado uma semana de salário e não tem mais dívidas, com excessão das parcelas de financiamento da sua CASA PRÓPRIA, e você tem uma despesa mensal aproximada de R$ 2.500 por mês. Significa que você terá por mês um saldo positivo de R$ 1.500 que você poderá utilizar para economizar o equivalente a 4 meses de despesas da casa, que nesse caso específico será R$ 2500 de despesas por mês vezes 4 meses, que será o equivalente a R$ 10 000.

Você precisa ter uma reserva de R$ 10 000 no banco, que será a sua RESERVA ESTRATÉGICA. Como você tem um fôlego mensal, isto é um saldo positivo de R$ 1500 por mês, então levará em torno de 7 meses para atingir essa reserva de R$ 10 000.
Sei que mencionei um monte de números nesse podcast, mas é importante você entender a lógica dos números, para que você possa aplicar essa lógica no seu caso específico.
Estarei incluindo todas as notas que mencionei nesse podcast no www.dinheirobrasil.com/podcast3
Agora, por que devemos ter essa reserva financeira de 4 meses?

Essa reserva financeira de 4 meses é importante para que em caso de uma situação pessoal ou familiar não prevista, você tenha um fôlego financeiro para tomar ações com calma e tranquilidade, e que você e sua família não tenham que passar por situações de desespero por falta de uma reserva financeira.
Uma situação não prevista que pode acontecer com qualquer um é perder o emprego.
Por alguma razão que pode estar totalmente fora do seu controle, você pode perder o seu emprego.
Caso isso aconteça, mas você tem uma reserva equivalente a 4 meses de despesas da casa, você poderá utilizar essa reserva temporariamente enquanto você busca um novo trabalho sem desespero, lhe dando a possibilidade de tomar as importantes decisões que irão aparecer sem que você esteja em uma posição de pânico por estar desempregado.
E tendo esse condição equilibrada, você possivelmente irá tomar as decisões necessárias de forma equilibrada, isso é, possivelmente tomará decisões corretas para você e para a sua família, sem entrar em pânico e se desesperar com as despesas mensais que precisam serem pagas.
Esse é um conceito simples. Tenha uma reserva financeira para quando surgir uma necessidade não prevista.
Alguns usam como analogia a seguinte frase: Tenha um guarda-chuva para que você possa usá-lo quando começar a chover. E você pode ter certeza que vai chover, mais cedo ou mais tarde.
Portanto, como você tem preparado o seu orçamento mensal, você tem uma idéia bastante próxima de qual é o valor total das suas despesas mensais.

EXEMPLOS:
Se você gasta em média com despesas da casa um valor próximo de R$ 2.000, guarde uma reserva de 4 vezes esse valor, ou R$ 8.000
Se você gasta em média um valor próximo de R$ 5.000, guarde uma reserva de 4 vezes esse valor, ou R$ 20.000
No próximo podcast, vamos falar sobre INVESTIR NO FUTURO. Esse será o seu próximo degrau após guardar essa reserva financeira equivalente a 4 meses de despesas.

NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.

http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/brasileiro-demora-a-pensar-em-poupanca-para-a-aposentadoria

19/01/2015: Brasileiro demora a pensar em poupança para a aposentadoria
¨A maioria dos brasileiros próximos da aposentadoria não está economizando nem pretende começar a poupar exclusivamente para o período em que vão deixar o mercado de trabalho.
A décima edição do estudo global O Futuro da Aposentadoria – Um Ato de Equilíbrio, elaborado pelo banco HSBC, mostra que 53% dos brasileiros estão nessa situação.
Entre 15 países analisados pelo levantamento, só os turcos poupam menos para a velhice (59% dizem não economizar para a aposentadoria). Os brasileiros aparecem em segundo lugar, empatado com os australianos.
A poupança para a aposentadoria é realizada com mais afinco pela população dos Estados Unidos e de Hong Kong. Nesses locais, apenas 25% das pessoas não economizam. A média mundial da população que poupa para a aposentadoria é de 38%.¨

Infelizmente, a educação financeira no Brasil é praticamente inexistente. As pessoas gastam dinheiro, compram produtos e serviços sem pensar no amanhã e sem nenhum planejamento em relação ao dinheiro, o que faz com que as pessoas tenham em geral uma vida estressante, pois estamos sempre correndo contra o tempo, tentando pagar as dívidas e não planejando uma poupança ou um fundo financeiro para o futuro.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Email: dinheiropodcast@gmail.com
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog
Hoje vou responder a seguinte pergunta:

“Pereira, estou no QUINTO DEGRAU Rumo ao SUCESSO FINANCEIRO, não tenho dívidas e já tenho uma reserva financeira equivalente a 4 meses de despesas da casa. Onde devo aplicar essa reserva equivalente a 4 meses de despesas da casa? “

A resposta dessa pergunta será praticamente a mesma resposta da pergunta do podcast número 1. Esse dinheiro deve ser guardado ou aplicado em uma opção de baixíssimo risco.
Sugiro você aplicar na poupança, pois mesmo sendo uma aplicação de pouco retorno, é uma aplicação de baixo risco e fácil de ser retirado em caso de necessidade. Esse dinheiro tem que estar disponível para ser usado assim que um imprevisto apareça.
Se estourou o pneu do carro ou se você precisa comprar um remédio, esse dinheiro está a disposição para isso. Se alguém da família perder o emprego e a renda familiar cair, você terá 4 meses de reserva para se re-organizar e conseguir um novo emprego.
(aprox. 0.7% ao mês, e descontando a inflação fica bem menor que isso.)
Quando você atingir o SEXTO DEGRAU PARA VENCER FINANCEIRAMENTE, que é aplicar para a sua aposentadoria, terá a possibilidade de buscar uma aplicação que tenha um bom retorno financeiro, uma aplicação que possa te oferecer algo acima de 5% ao ano descontando a inflação, e que tenha um histórico de 10 anos ou mais de bons rendimentos financeiros.

FRASE DE INSPIRAÇÃO
“Dinheiro semeia dinheiro e o primeiro franco é, muitas vezes, mais difícil de ganhar que o segundo milhão.”
Jean-Jacques Rousseau
importante filósofo, teórico político e escritor suíço

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.
Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast3

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

Musica: www.bensound.com

Logo Podcast Dinheiro BrasilO QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO:

Pagar todas as dívidas e ficar LIVRE de prestações, carnes, parcelas, boletos e todas as outras dívidas, com excessão da dívida da casa própria.

Mas antes de começar a falar do QUARTO Degrau, vamos relembrar os Dez Degraus Rumo ao Sucesso Financeiro.
ENTAO VAMOS LA SUBIR A ESCADA COM OS DEZ DEGRAUS PARA VOCÊ E SUA FAMILIA VENCEREM FINANCEIRAMENTE:
OS PRIMEIROS 5 DEGRAUS SÃO OS DEGRAUS FINANCEIROS ESTRUTURAIS. ESSES SERÃO A BASE QUE IRÁ LHE PREPARAR PARA O SEU SUCESSO FINANCEIRO.
O PRIMEIRO DEGRAU É- Preparar o Orçamento Mensal e a Lista com todas as suas dívidas.
O SEGUNDO DEGRAU É- Fazer um seguro de vida.
O TERCEIRO DEGRAU É- Economizar 25% do seu salário mensal ou oi equivalente a uma semana de salário. Esse será o seu fundo inicial de emergência.
O QUARDO DEGRAU É- Pagar todas as suas dívidas.
Para isso, utilize a lista de dívidas preparada no primeiro degrau, coloque em ordem da dívida menor para a maior. Comece pagando o mínimo todo o mês de cada uma das dívidas e o dinheiro que sobrar no orçamento do mês, pague a dívida de menor valor. Conseguir quitar a dívida de menor valor, passa para a próxima de menor valor, e assim sucessivamente.
O QUINTO DEGRAU É- Economizar 4 meses de salário. Esse será o seu fundo completo de emergência, que estará a sua disposição caso uma emergência financeira não prevista aconteça. Essa reserva financeira trará mais tranquilidade a você e sua família caso algum imprevisto financeiro aconteça, como por exemplo, alguém da família ficar desempregado.
Esses primeiros 5 degraus serão os degraus estruturais que lhe dará a base para o seu sucesso financeiro, pois atingindo o quinto degrau, você estará sem dívidas, e com uma reserva financeira sólida que lhe trará a tranquilidade financeira em caso de um imprevisto.
Vamos agora para os próximos 5 degraus que serão os degraus rumo à sua Riqueza Financeira:
O SEXTO DEGRAU É- Investir na sua aposentadoria. 15% da renda familiar deverá ser aplicada em um fundo de previdência privada ou um fundo de investimento de longo prazo. Esse valor será depositado todos os meses e deverá entrar no seu Orçamento Mensal.
O SÉTIMO DEGRAU É- Investir com foco em algum projeto especial. Poderá ser um plano para a troca do carro, uma viagem de férias ou um fundo para cobrir as despesas de educação dos filhos.
O OITAVO DEGRAU É- Atacar a dívida do seu empréstimo da Casa Própria. Nesse momento todas as suas “energias financeiras” deverão ser focadas na quitação do empréstimo imobiliário.
O NONO DEGRAU É- Investir muito! Você deverá planejar uma estratégia de investimentos com o foco de aumentar o seu patrimônio líquido, aumentando a sua riqueza mensalmente. Ao chegar nesse degrau, você terá uma condição financeira que lhe permitira aumentar a sua riqueza mensalmente.
O DÉCIMO E ÚLTIMO DEGRAU É – Monitorar e ajustar os seus investimentos. Esse último degrau dará a você e a sua família a tranquilidade e a visão de que a sua riqueza está investida de forma correta e que irá garantir um futuro próspero, solidificando e aumentando o seu patrimônio.
SIMPLES? SIMPLES MAS DIFÍCIL….
DIFÍCIL? SIM, MAS POSSÍVEL!

Agora vamos para o QUARTO Degrau Rumo ao Sucesso Financeiro:
pagar todas as dívidas.
Você já parou para pensar na situação onde você e sua família não tenham mais dívidas, com excessão do pagamento da casa própria. Ja se imaginou ficando LIVRE de prestações, carnes, parcelas e boletos.
Você poderia utilizar toda a sua renda mensal para pagar as despesas normais do mês como alimentação, água, luz, e todo o restante do dinheiro poderia passar a ser usado para pagar a sua casa própria e investir no seu futuro.
Quando iniciei esse podcast, minha intenção era e ainda é a de transferir às outras pessoas um conhecimento que adquiri e que considero extremamente importante. Quando você passa a planejar a sua vida financeira com um CAMINHO CLARO A SER SEGUIDO, você passa a ter muito mais tranquilidade na sua vida pessoal, profissional e no seu relacionamento com sua esposa ou marido.
Se você ouviu o podcast número 1, você já tem as ferramentas e a compreensão da importância de se fazer um orçamento, e da clareza que colocar um orçamento no papel traz para você e para a sua família.
Se você não ouviu, sugiro que você faça o download e ouça o podcast 1, pois talvez esse assunto de orçamento seja o mais importante a ser feito para um SUCESSO FINANCEIRO PESSOAL.
Ao fazer o orçamento, você passou a identificar claramente para onde está indo a renda mensal da família.
Se ao fazer esse orçamento, você percebeu que tem mais gastos do que renda, você tem que começar a tomar decisões duras mais importantes para reduzir as despesas mensais.
Ao fazer o orçamento e colocar o número com as prioridades das despesas, você terá uma visão das despesas que são menos importantes, e possivelmente, são as despesas que você provavelmente terá que retirar do orçamento, isto é, deixar de gastar.
Se o seu orçamento está apertado e as despesas são maiores que a renda do mês, possivelmente chegou a hora de você cortar as despesas como restaurantes, cortar as viagens de lazer, cortar a TV por assinatura, cortar a pizza que você compra todas as sextas feiras e sábados. Você terá que fazer um esforço sério para sair das dívidas que estão acabando com o seu dinheiro. Você terá que fazer sacrifícios, e tenha certeza que ao fazer o sacrifício hoje, você está plantando uma semente para ter uma árvore abundante no futuro.
Tome decisões difíceis hoje para ter tranquilidade financeira amanhã.
Algumas pessoas dizem que o sucesso financeiro é simples. Gaste menos do que recebe e aplique a diferença de forma inteligente no mercado financeiro, para que o dinheiro passe a trabalhar para você.
Portanto, se ao fazer o orçamento você percebeu que está gastando mais do que recebe, você tem duas opções, gastar menos ou ganhar mais, ou preferencialmente, uma combinação dos dois.
Você já pensou em conseguir um trabalho adicional temporário para aumentar a renda familiar? Já pensou em entregar pizzas no final de semana? Já pensou em conseguir um trabalho temporário para você trabalhar fora do horário comercial? Esse pode ser uma outra opção para você aumentar a sua renda e acelerar o pagamento das suas dívidas.
Uma terceira opção é você vender coisas que não está usando. Faça um “pente fino na sua casa” e verifique tudo o que você não utiliza e que pode ser vendido. Esse dinheiro também poderá ajudar você e sua família a ATACAR as suas dívidas.
Vamos lá então, vamos atacar essas dívidas.
Você, junto com a sua esposa ou marido, precisam pegar um papel e listar todas as suas dívidas existentes, cartão de crédito, automóvel, carnes, empréstimos bancários, tudo.
Coloque as dívidas em ordem da menor para a maior.
Agora você já sabe qual a prioridade de dívidas que você deverá ATACAR.
Mas eu gostaria de lembrar a você que esse é o QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO, e portanto, você precisa primeiro atingir o PRIMEIRO, o SEGUNDO E O TERCEIRO DEGRAU. Comece fazendo o Orçamento Mensal, faça um Seguro de Vida e, Se você tem um salário familiar mensal de R$ 2000, deverá guardar R$ 500. Se tem um salário mensal familiar de R$ 10.000, deverá guardar R$ 2.500 como uma reserva de EMERGÊNCIA.
OK, voltando ao ATAQUE as suas dívidas.
Faça o orçamento do mês, verifique todas as despesas do mês, pague o valor mínimo de todas as despesas, e o dinheiro que sobrar, você irá ATACAR e despesa de menor valor.
Quando você conseguir quitar essa dívida de menor valor, passe a colocar todas as suas energias para ATACAR a segunda dívida de menor valor.
O que acontece quando você consegue quitar a primeira dívida, depois consegue quitar a segunda divida? Você começa a perceber que você está com um plano que está dando certo, e essa satisfação lhe dará energia e confiança para continuar o caminho. A força psicológica positiva que você sente é muito importante para o sucesso desse plano.
Essa é a razão que em momento nenhum eu mencionei que você deveria fazer uma análise de qual a taxa de juros que cada uma das suas dívidas são calculadas. A força psicológica positiva que você conquista no plano de ataque da dívida menor para a dívida maior é muito mais importante que esses cálculos financeiros, pois você ganha a motivação necessária para continuar ATACANDO  e PAGANDO as suas dívidas, até que você possa atingir a posição de não ter mais nenhuma dívida para pagar, com excessão da sua casa própria, que será um assunto em um próximo podcast.
O sucesso nas finanças pessoais está na mudança de comportamento, e não conhecimento de matemática. Mude de forma positiva o seu comportamento em relação aos seus gastos e ao seu dinheiro e você terá sucesso financeiro.

NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.
Nível de endividamento do brasileiro
INSTITUTO BRASILEIRO DE ESTUDOS FINANCEIROS E IMOBILIÁRIOS

http://www.ibrafi.org.br/2015/06/endividamento-das-familias-bate-recorde/
(Brasil Econômico – São Paulo/SP – FINANÇAS – 16/06/2015 – Pág. 20)
O endividamento das famílias em abril foi recorde para o mês. De acordo com dados do Banco Central (BC), em, a dívida total das famílias atingiu 46,3% da renda acumulada em 12 meses.
Até então, a taxa mais elevada havia sido registrada em fevereiro, de 46,24%. O cálculo leva em conta o total das dívidas dividido pela renda no período de 12 meses. Em comparação com março, quando o indicador ficou em 46,2%, houve pequena alta.
De acordo com dados do BC, o recorde do endividamento em abril foi impulsionado pelo crédito habitacional, já que em abril houve queda de 27,73% para 27,61% do cálculo do endividamento que exclui o financiamento da casa própria. Esta é a terceira queda consecutiva do indicador e revela que é o patamar mais baixo desde janeiro de 2009, quando estava em 27,37%.
Essa notícia é alarmante! As famílias brasileiras estão cada vez mais aumentando as suas dívidas. Para usar números aproximados, na média, a família tem 27% de sua renda mensal direcionada para pagamento da casa própria, e o pior, 20% da sua renda familiar para pagar outras dívidas. As pessoas estão comprando coisas através de dívidas, mas não estão planejando no médio prazo para comprar produtos e serviços pagando a vista. Com isso, caso essa família tenha uma redução da renda, como por exemplo, perdendo o emprego, como que essa família conseguirá manter o pagamento dessas dívidas? Imagine o estresse que essas famílias passarão em caso de redução da renda familiar.
Novamente, essa é uma lembrança para reforças a você ouvinte desse podcast para colocar as suas energias para pagar as suas dívidas. Continue o seu plano financeiro dando os passos necessários para o sucesso com o dinheiro.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Email: dinheiropodcast@gmail.com
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

Hoje vou responder a seguinte pergunta:

“Pereira, estou no SEXTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO COM DINHEIRO, não tenho dívidas, já tenho uma reserva financeira equivalente a 6 meses de despesas da casa, e tenho um dinheiro extra guardado que pretendo usar para trocar de carro, pois meu carro atual já está com 10 anos de uso. Qual o valor do novo carro que eu deveria comprar? “

A primeira coisa que você tem que observar é que você não deve fazer nenhuma dívida ou financiamento para trocar de carro. Você precisa pagar a vista caso queira comprar um carro melhor que o carro que tem hoje. Como já mencionei anteriormente no podcast 1, o carro é possivelmente o segundo item mais caro da família brasileira, mas que ao contrario da casa, que é o item de valor maior e que valoriza com o tempo, o carro DESVALORIZA com passar do tempo, o que faz com que você sempre perca dinheiro quando decide comprar um carro. Você sempre irá perder dinheiro no curto, médio e longo prazo quando você comprar um veículo, seja carro, moto, lambreta, barco, ou qualquer outro objeto com um motor e que será usado para transporte.
Como regra geral, todos os veículos da família não devem passar de 50% da renda anual da família. Vamos assumir que a família tem uma renda média de R$ 2000 por mês, o que equivale a R$ 24000 por ano (R$ 2000 x 12 meses). Portanto, 50% ou a metade de R$ 24.000 é R$ 12.000 seria o valor máximo desse carro.
Porém essa regra do valor do carro ser equivalente a metade da renda anual só vale para a família que está sem dívida. Se você está no QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO COM DINHEIRO e precisa pagar suas dívidas, deve comprar um carro de valor inferior e pagar esse carro  a vista
A sua prioridade nesse momento é o de ATACAR as dívidas até que você consiga ficar sem dívidas.
Depois você passará para o QUINTO DEGRAU (que é o de economizar o equivalente a 4 meses de despesas), e depois disso pensar em trocar de carro por um carro de maior valor. Você precisa fazer sacrifícios financeiros hoje para ter sucesso financeiro no futuro.

FRASE DE INSPIRAÇÃO
“As pessoas dividem-se entre aquelas que poupam como se vivessem para sempre e aquelas que gastam como se fossem morrer amanhã.”
Aristóteles

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.
Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast2

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

Logo Podcast Dinheiro BrasilBEM VINDOS SENHORAS E SENHORES AO PODCAST DINHEIRO BRASIL, UM PODCAST PARA VOCE QUE QUER VENCER FINANCEIRAMENTE, DIZENDO AO SEU DINHEIRO O QUE FAZER E FAZENDO COM QUE O SEU DINHEIRO TRABALHE PARA VOCE.
OBRIGADO POR OUVIR O DINHEIRO BRASIL. EU SOU O PEREIRA, E VAMOS AO ASSUNTO DA SEMANA.

ASSUNTO DA SEMANA

SENHORAS E SENHORES, ESSE E O PODCAST NUMERO 1.
Obrigado a todos que fizeram o download e ouviram o podcast numero UM, a introdução do podcast DINHEIRO BRASIL.
Obrigado também a todos que ASSINARAM o podcast DINHEIRO BRASIL para receberem automaticamente o download assim que os episódios forem lançados no iTunes da Apple.
Nesse episódio vou falar sobre OS TRES PRIMEIROS DEGRAUS RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO.

Mas antes de começarmos, vamos relembrar os 10 DEGRAUS RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO que eu mencionei no podcast ZERO para se chegar ao sucesso com o DINHEIRO.
Vamos lá?

ENTAO VAMOS LA SUBIR A ESCADA COM OS DEZ DEGRAUS PARA VOCÊ E SUA FAMILIA VENCEREM FINANCEIRAMENTE:
OS PRIMEIROS 5 DEGRAUS SÃO OS DEGRAUS FINANCEIROS ESTRUTURAIS. ESSES SERÃO A BASE QUE IRÁ LHE PREPARAR PARA O SEU SUCESSO FINANCEIRO.
O PRIMEIRO DEGRAU É- Preparar o Orçamento Mensal e a Lista com todas as suas dívidas.
O SEGUNDO DEGRAU É- Fazer um seguro de vida.
O TERCEIRO DEGRAU É- Economizar 25% do seu salário mensal ou oi equivalente a uma semana de salário. Esse será o seu fundo inicial de emergência.
O QUARDO DEGRAU É- Pagar todas as suas dívidas.
Para isso, utilize a lista de dívidas preparada no primeiro degrau, coloque em ordem da dívida menor para a maior. Comece pagando o mínimo todo o mês de cada uma das dívidas e o dinheiro que sobrar no orçamento do mês, pague a dívida de menor valor. Conseguir quitar a dívida de menor valor, passa para a próxima de menor valor, e assim sucessivamente.
O QUINTO DEGRAU É- Economizar 4 meses de salário. Esse será o seu fundo completo de emergência, que estará a sua disposição caso uma emergência financeira não prevista aconteça. Essa reserva financeira trará mais tranquilidade a você e sua família caso algum imprevisto financeiro aconteça, como por exemplo, alguém da família ficar desempregado.
Esses primeiros 5 degraus serão os degraus estruturais que lhe dará a base para o seu sucesso financeiro, pois atingindo o quinto degrau, você estará sem dívidas, e com uma reserva financeira sólida que lhe trará a tranquilidade financeira em caso de um imprevisto.
Vamos agora para os próximos 5 degraus que serão os degraus rumo à sua Riqueza Financeira:
O SEXTO DEGRAU É- Investir na sua aposentadoria. 15% da renda familiar deverá ser aplicada em um fundo de previdência privada ou um fundo de investimento de longo prazo. Esse valor será depositado todos os meses e deverá entrar no seu Orçamento Mensal.
O SÉTIMO DEGRAU É- Investir com foco em algum projeto especial. Poderá ser um plano para a troca do carro, uma viagem de férias ou um fundo para cobrir as despesas de educação dos filhos.
O OITAVO DEGRAU É- Atacar a dívida do seu empréstimo da Casa Própria. Nesse momento todas as suas “energias financeiras” deverão ser focadas na quitação do empréstimo imobiliário.
O NONO DEGRAU É- Investir muito! Você deverá planejar uma estratégia de investimentos com o foco de aumentar o seu patrimônio líquido, aumentando a sua riqueza mensalmente. Ao chegar nesse degrau, você terá uma condição financeira que lhe permitira aumentar a sua riqueza mensalmente.
O DÉCIMO E ÚLTIMO DEGRAU É – Monitorar e ajustar os seus investimentos. Esse último degrau dará a você e a sua família a tranquilidade e a visão de que a sua riqueza está investida de forma correta e que irá garantir um futuro próspero, solidificando e aumentando o seu patrimônio.
SIMPLES? SIMPLES MAS DIFÍCIL….
DIFÍCIL? SIM, MAS POSSÍVEL!

PRIMEIRO DEGRAU: Preparar o Orçamento Mensal
Orçamento é planejar antecipadamente o que será feito com o seu dinheiro no mês que irá iniciar.
O orçamento deve ser feito antes do começo do mês, para que você inicie o mês com um planejamento detalhado, definindo onde o seu dinheiro será usado, seja o uso para pagar contas, seja para fazer uma reserva financeira ou um investimento no mercado financeiro ou para o lazer.
É importante que 100% do seu dinheiro seja planejado. Cada moeda que você receber em sua renda mensal tem que ter um destino no começo do mês.
Se a renda mensal da sua família é de R$ 2 000, você deve planejar todos os destinos desse dinheiro, cada moeda, cada centavo.
E esse orçamento deve ser feito mensalmente. Muitas pessoas fazem um orçamento anual, e depois vão acompanhando esse orçamento, e vão percebendo que uma série de coisas foram mudadas, pois um planejamento de um ano é muito difícil de ser feito de acordo com a realidade que vai mudando durante o ano. Por exemplo, as despesas de Dezembro é muito diferente das despesas de Fevereiro.
Já um planejamento para o mês que vai começar é muito mais fácil e mais controlado.
Eu já mencionei no podcast de número zero, e vou repetir. Se você é casado, è extremamente importante que você faça esse orçamento com a sua esposa ou marido. O casal DEVE decidir em conjunto onde o dinheiro será utilizado, onde o dinheiro será gasto. Onde o dinheiro será investido. Se o casal não trabalhar juntos, a chance desse projeto financeiro, fica muito mais difícil de ser atingido, pois as prioridades de cada membro da família passam a ser bem diferentes.
E para lhe ajudar no orçamento mensal, eu preparei um formulário para facilitar o seu trabalho ao preparar o orçamento mensal.
O primeiro campo é o dinheiro previsto para a família receber como salário mensal que é o dinheiro de entrada do mês.
Depois vem o campo de despesas, que é o campo de saída do dinheiro.
Em relação as despesas, esse formulário foi distribuída em quatro partes, as despesas prioritárias,  despesas adicionais, despesas carro e despesa outros.
As despesas prioritárias são: comida, água, luz, gás, seguro de vida e prestação da casa própria ou aluguel. Essas são as despesas que tem prioridade máxima para serem pagas no seu orçamento mensal.
Depois vem as despesas adicionais, que incluem transporte, compra de roupas, diversão, restaurante, TV a cabo, internet, etc. Você pode perceber que nas despesas adicionais teremos despesas que poderão inclusive serem excluídas do seu gasto mensal.
As despesas carro são todas as despesas que você terá com o seu veículo como pagamentos mensais, IPVA, seguro, combustível, estacionamento, manutenção. Caso você tenha mais de um carro ou moto, as despesas deverão ser incluídas nessa parte do orçamento.
Depois vem a parte de despesa outros, para que você utilize para alguma despesa que não foi mencionada nas despesas anteriores.
E por último, inclui a parte referente a Investimentos Financeiros, que deverá ser utilizado para todo o dinheiro que sobrar entre a renda liquida familiar e as despesas acima mencionadas.
O calculo da Renda Familiar – Total de Despesas – Total de Investimento Financeiro tem que ser ZERO, o que significa que você incluiu um destino para cada moeda que você e sua família receberam para ser utilizado no mês.
Estou incluindo no site www.dinheirobrasil.com/recursos , esse formulário para que você possa fazer o download, imprimir, e começar a preencher o formulário com a sua esposa ou marido referente ao mês que irá se iniciar.
Inclui também nesse formulário um campo para que as despesas do seu orçamento possam ser numeradas com a prioridade que deverão ser pagas. Por exemplo, a prioridade número 1 possivelmente seja comida. Você deve numerar cada despesa prevista para o mês, pois ao numerar todas as despesas previstas no mês por ordem de prioridade você saberá quais são as contas que não serão pagas caso você não tenha todo o dinheiro necessário para pagar todas as contas do mês.
Se ao terminar de preencher os campos de despesas, e você verificar que as despesas previstas serão maior que o dinheiro de entrada, ou o dinheiro dos salários da família somados, então vocês precisam começar a verificar quais as despesas que deverão ser reduzidas ou eliminadas nas contas da família. Você precisará também começar a pensar nas opções para que você aumente a renda familiar, seja buscando um novo trabalho com um salário maior ou seja buscando um segundo trabalho que lhe traga uma renda extra, mesmo que esse segundo trabalho seja temporário.
Uma regra básica em Finanças Pessoais é: Gaste menos do que você tem e guarde uma parte para que você tenha conforto no futuro.

SEGUNDO DEGRAU: FAZER UM SEGURO DE VIDA
O seguro de vida irá proporcionar tranquilidade a você e a sua família caso aconteça algo grave com você ou com sua esposa ou esposo. A partir do momento em que você e sua esposa ou marido tenham um seguro de vida válido, vocês já estarão se preparando para as situações difíceis e não planejadas que acontecem na vida. Caso um de vocês venham a falecer ou sofrerem um acidente grave, vocês estarão, pelo menos financeiramente, melhor preparados para enfrentarem as dificuldades que surgirão após esse momento difícil que poderão passar.
Caso você ainda não seja casado ou casada, e não tenha pessoas que dependam financeiramente de você, você também deverá fazer um seguro de vida, pois caso você tenha algum tipo de acidente que não lhe permita mais trabalhar, por exemplo, esse seguro irá garantir a você uma estrutura financeira para o futuro.
Ao tomar a ação de pôr em prática o segundo degrau rumo ao sucesso financeiro, você estará planejando e antecipando situações que poderiam ficar muito piores caso esse seguro não esteja disponível. Não deixe para fazer esse seguro de vida amanhã. Faça um seguro de vida ainda hoje e traga um pouco mais de tranquilidade a todos da família.

O TERCEIRO DEGRAU É: Guardar 25% da sua renda mensal, ou o equivalente a uma semana de salário. A implementação desse terceiro degrau terá dois efeitos positivos para você.
O primeiro efeito positivo é bastante prático. Tendo uma reserva de uma semana do seu salário guardado, você estará preparada para algumas despesas não previstas no seu orçamento. Você estará preparado para um pneu do carro furado, um remédio que não estava previsto no orçamento, a quebra de um chuveiro ou a troca de uma lâmpada. Você começará a se preparar financeiramente para as surpresas não previstas no seu dia a dia.
O segundo efeito positivo é o inicio de um preparo psicológico que começará a lhe mostrar que você está começando a dizer para o dinheiro o que fazer, e não mais estar totalmente fora de controle em relação ao seu dinheiro. Essa reserva irá melhorar significativamente a sua confiança em relação ao seu dinheiro. Tendo uma reserva, você começará a se preparar para tomar o controle sobre suas finanças.
Portanto, se a sua família tem uma renda mensal de R$ 2.000, vocês então precisam economizar R$ 500. E conseguindo fazer essa economia, você imediatamente passará ao SEGUNDO PASSO RUMO AO SUCESSO COM O DINHEIRO.
Se tem uma renda mensal de R$ 10.000, precisam economizar R$ 2.500. E conseguindo fazer essa economia, você imediatamente passará ara o QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO COM O DINHEIRO.
Deu para pegar a idéia:
Mas você pode dizer, PEREIRA eu não consigo nem pagar as contas que tenho hoje, como vou conseguir fazer essa economia?
Então vou te dar uma sugestão. Faça um levantamento na sua casa e descubra aquilo que você não está usando e que poderá ser vendido. Venda alguma coisa que está parada na sua casa para conseguir guardar essa primeira reserva de EMERGÊNCIA. Parece uma idéia maluca, mas não é. Você precisa dar o primeiro passo.  Ok.

VAMOS PARA A NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, eu utilizo uma noticia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e faço meu comentário referente ao assunto.
Como primeira notícia do podcast, vou mencionar uma noticia do site G1 que foi publicado em março de 2015. O link dessa notícia está publicado no site www.dinheirobrasil.com/podcast1 referente ao podcast de número UM.
http://g1.globo.com/carros/blog/oficina-do-g1/post/quanto-custa-manter-um-carro-novo-por-ano.html
Quanto custa manter um carro novo por ano?
Você já parou para fazer a conta de quanto custa ter um carro na garagem, em uma cidade como São Paulo? Às vezes, o total não parece tão alto porque os gastos são diluídos ao longo do ano.
Para ajudá-lo a entender o cálculo, selecionei seis modelos que estão entre os mais vendidos de suas categorias em 2014 (carros de entrada, sedãs médios e SUVs, respectivamente), segundo tabela da federação nacional de distribuidores (Fenabrave), e somei as estimativas de custos anuais, como manutenção, imposto, estacionamento, seguro e multa. Como há muitas variáveis, os valores são apenas de referência.

O comentário que gostaria de fazer em relação a essa notícia é que nós brasileiros em geral temos uma paixão descontrolada por carros, o que faz com que tenhamos uma cultura que é financeiramente desastrosa, de gastar grande parte da nossa renda em veículos, sejam eles carros, motos ou outros veículos para satisfazer essa paixão e destruir o nosso PLANEJAMENTO FINANCEIRO e a nossa capacidade de fazer o nosso patrimônio aumentar em um plano de médio e longo prazo. Gastamos uma fortuna com carros, não analisamos o custo total anual, e não analisamos também a desvalorização anual de um carro. Em média, um carro comprado ZERO KM na loja perde em torno de 50% do seu valor em 4 anos de uso. Portanto, se você compra um carro ZERO de R$ 80.000, em 4 anos você perdeu metade desse valor, R$ 40.000 foi perdido, sem retorno. Vamos fazer um PODCAST específico para falarmos sobre compra de carros e outros veículos. Porém, se você está pensando em comprar um carro, NÃO COMPRE AGORA. Entre em contato comigo pelo site WWW.DINHEIROBRASIL.COM ou pelo facebook ou twitter, explicando os motivos e a sua analise financeira, e eu tentarei te passar a minha visão sobre o melhor caminho que você deve seguir em relação a essa compra.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO
Nessa parte do podcast, vou ler alguma pergunta enviada por você ouvinte e responde-la.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Email: dinheiropodcast@gmail.com
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog
Hoje vou responder a seguinte pergunta

“PEREIRA, VOCE MENCIONOU QUE O TERCEIRO DEGRAU PARA VENCER FINANCEIRAMENTE
 É ECONOMIZAR 25% DO SALÁRIO MENSAL.  POSSO APLICAR ESSE DINHEIRO EM AÇÕES?”

A resposta é não! Você não deve aplicar essa reserva em ações pois se trata de um investimento de alto risco.
Esse dinheiro deve ser guardado ou aplicado em uma opção de baixíssimo risco.
Sugiro você aplicar na poupança, pois mesmo tendo uma aplicação de pouco retorno, esse dinheiro tem que estar disponível para ser usado assim que um imprevisto apareça. Se estourou o pneu do carro ou se você precisa comprar um remédio, esse dinheiro está a disposição para isso.
(aprox. 0.7% ao mês, e descontando a inflação fica bem menor que isso.)
Quando você atingir o SEXTO DEGRAU PARA VENCER FINANCEIRO, que é aplicar para a sua aposentadoria, ai deverá buscar uma aplicação que tenha um bom retorno financeiro, uma aplicação que possa te oferecer algo acima de 5% ao ano descontando a inflação, e que tenha um histórico de 10 anos ou mais. No futuro teremos um podcast para falar somente de investimento, pois você já terá uma reserva de 6 meses de despesas, o que lhe dará mais tranquilidade caso você tenha alguma necessidade de gasto não previsto no orçamento.

 

FRASE DE INSPIRAÇÃO

“Não nos tornamos ricos graças ao que ganhamos, mas com o que não gastamos.”
Henry Ford

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.
Os links e notas desse podcast estao no site www.dinheirobrasil.com/1 (numero 1)

Musica: www.bensound.com

Logo Podcast Dinheiro BrasilSenhoras e senhores, esse é o podcast número ZERO  e nesse podcast vou fazer uma pequena apresentação minha, e também explicar como veio da idéia de criar esse podcast.
Como disse na introdução, meu nome é PEREIRA, e desde sempre fui muito preocupado com a questão referente a finanças pessoais.
Eu comecei a trabalhar bastante jovem, e sempre tive que me virar para ganhar meu dinheiro, e com isso comprar as coisas que desejava comprar.
Como a maioria dos brasileiros, eu recebia o dinheiro do mês, e já tinha uma lista de contas para pagar e de coisas para comprar, gastava todo o meu dinheiro e ficava esperando receber o dinheiro do próximo pagamento de salário para recomeçar o ciclo de compras e gastos, sem pensar em economizar, sem pensar em planejar uma reserva financeira, NADA… O plano era gastar.
Fiz isso por muito tempo, mais tempo do que deveria, muitos anos, mas…..
Sim, aos poucos, lendo sobre finanças pessoais, lendo sobre como investir o dinheiro, aprendendo que nem tudo que queremos comprar, precisamos comprar… Amadurecendo… Passei a planejar melhor o meu dinheiro… passei a planejar melhor como eu iria gastar o dinheiro que recebia no pagamento do mês… Fui ficando mais organizado com o assunto dinheiro.
Continuei estudando sobre o assunto, fui aprendendo e passei a evitar a maioria das dívidas… Aprendi que dívida não era bom para o meu futuro financeiro.
Tinha cartão de crédito, mas quando usava, passei a pagar o valor total da fatura no dia do vencimento, ou até antes da fatura vencer.
Quando queria comprar um eletrodoméstico por exemplo, procurava pagar com poucas parcelas, no máximo em 3 vezes… Mas isso não era o ideal.
Com o passar dos anos, aprendi a guardar dinheiro e pagar os produtos que comprava a vista. Mas antes de pagar a vista, passava alguns bons minutos negociando o valor do produto com o vendedor ou vendedora. Passei a valorizar ainda mais o MEU DINHEIRO, o dinheiro que eu recebia como recompensa de muito trabalho.

Cada vez mais, me interessava sobre o assunto de finanças pessoais, e passei a estudar as pessoas que saiam do ZERO e se tornavam pessoas estabilizadas financeiramente. Aprendi que vencer no assunto dinheiro não era simplesmente ganhar na loteria ou se transformar em um jogador de futebol ou em um cantor famoso.
Fui lendo, aprendendo e praticando os bons costumes em relação ao meu dinheiro.
Até que cheguei a uma plano financeira de CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO. E quero, nesse podcast, compartilhar com você esse conhecimento que adquiri. Quero lhe mostrar o caminho que se você seguir, você irá vencer financeiramente.
Vou lhe passar um plano DEGRAU POR DEGRAU para ALCANÇAR o seu sucesso FINANCEIRO.
Criei esse podcast para isso, para fazer a minha contribuição e ajudar você em ter um controle melhor sobre o seu dinheiro. E tenho certeza que se você seguir esse caminho, também irá vencer financeiramente.
Nos próximos podcasts irei detalhar os 10 DEGRAUS RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO.
Mas para que você consiga atingir esse sucesso, primeiramente, você terá que compartilhar essa idéia com a sua esposa ou esposo. Vocês terão que trabalhar JUNTOS para atingir esse objetivo. Se o casal não estiver juntos e unidos para essa meta, a chance de sucesso é muito menor.
Outra ação importante a ser tomada é que vocês juntos tenham uma reunião para fazer o orçamento mensal da casa. O QUE? ORÇAMENTO?
Isso mesmo, ORÇAMENTO. Vocês precisarão anotar antes de começar o mês, todas as despesas e todos os gastos previstos na casa para o mês a começar, contando cada real, cada moeda, cada centavo, e colocando tudo isso no papel.
Teremos O PODCAST NÚMERO 1 que falaremos em detalhes sobre ORÇAMENTO MENSAL.
Claro que se você é solteiro ou solteira, você fará esse orçamento sozinho, mas todos precisam fazer um ORÇAMENTO. É muito importante ter um orçamento do mês antes desse mês começar. Isso lhe dará um plano definido para as finanças do mês, e como esse plano, você passará a ter muito mais confiança e tranquilidade sobre as suas finanças e com controle de onde o seu dinheiro está indo todo o mês.
O ORÇAMENTO MENSAL talvez seja a ação MAIS IMPORTANTE a ser colocado em prática para você se organizar financeiramente.
Depois é só seguir o plano DEGRAU POR DEGRAU para o sucesso com o dinheiro.
Já antecipo a você que esse plano rumo ao sucesso financeiro não é fácil. Ele é um plano simples de ser entendido, mas com muitas dificuldades e muitos desafios.
Porém esse plano irá lhe trazer muitas recompensas no futuro.
Imagine você e sua família sem nenhuma dívida, utilizando todos o seu salário para pagar as despesas do mês, e utilizando todo o restante do dinheiro recebido para:
– INVESTIR
– REALIZAR SEUS SONHOS E TAMBÉM
– AJUDAR A QUEM PRECISA

QUE ACHA? FANTÁSTICO NÃO É?
Então, mãos a obra! Coloque sua energia nesse plano passo a passo para atingir o sucesso com dinheiro e para ter um futuro financeiro vencedor.

ENTÃO VAMOS LA SUBIR A ESCADA COM OS DEZ DEGRAUS PARA VOCÊ E SUA FAMILIA VENCEREM FINANCEIRAMENTE:

OS PRIMEIROS 5 DEGRAUS SÃO OS DEGRAUS FINANCEIROS ESTRUTURAIS. ESSES SERÃO A BASE QUE IRÁ LHE PREPARAR PARA O SEU SUCESSO FINANCEIRO.

O PRIMEIRO DEGRAU É- Preparar o Orçamento Mensal e a Lista com todas as suas dívidas.
O SEGUNDO DEGRAU É- Fazer um seguro de vida.
O TERCEIRO DEGRAU É- Economizar 25% do seu salário mensal ou oi equivalente a uma semana de salário. Esse será o seu fundo inicial de emergência.
O QUARDO DEGRAU É- Pagar todas as suas dívidas.
Para isso, utilize a lista de dívidas preparada no primeiro degrau, coloque em ordem da dívida menor para a maior. Comece pagando o mínimo todo o mês de cada uma das dívidas e o dinheiro que sobrar no orçamento do mês, pague a dívida de menor valor. Conseguir quitar a dívida de menor valor, passa para a próxima de menor valor, e assim sucessivamente.
O QUINTO DEGRAU É- Economizar 4 meses de salário. Esse será o seu fundo completo de emergência, que estará a sua disposição caso uma emergência financeira não prevista aconteça. Essa reserva financeira trará mais tranquilidade a você e sua família caso algum imprevisto financeiro aconteça, como por exemplo, alguém da família ficar desempregado.

Esses primeiros 5 degraus serão os degraus estruturais que lhe dará a base para o seu sucesso financeiro, pois atingindo o quinto degrau, você estará sem dívidas, e com uma reserva financeira sólida que lhe trará a tranquilidade financeira em caso de um imprevisto.
Vamos agora para os próximos 5 degraus que serão os degraus rumo à sua Riqueza Financeira:

O SEXTO DEGRAU É- Investir na sua aposentadoria. 15% da renda familiar deverá ser aplicada em um fundo de previdência privada ou um fundo de investimento de longo prazo. Esse valor será depositado todos os meses e deverá entrar no seu Orçamento Mensal.
O SÉTIMO DEGRAU É- Investir com foco em algum projeto especial. Poderá ser um plano para a troca do carro, uma viagem de férias ou um fundo para cobrir as despesas de educação dos filhos.
O OITAVO DEGRAU É- Atacar a dívida do seu empréstimo da Casa Própria. Nesse momento todas as suas “energias financeiras” deverão ser focadas na quitação do empréstimo imobiliário.
O NONO DEGRAU É- Investir muito! Você deverá planejar uma estratégia de investimentos com o foco de aumentar o seu patrimônio líquido, aumentando a sua riqueza mensalmente. Ao chegar nesse degrau, você terá uma condição financeira que lhe permitira aumentar a sua riqueza mensalmente.
O DÉCIMO E ÚLTIMO DEGRAU É – Monitorar e ajustar os seus investimentos. Esse último degrau dará a você e a sua família a tranquilidade e a visão de que a sua riqueza está investida de forma correta e que irá garantir um futuro próspero, solidificando e aumentando o seu patrimônio.

SIMPLES? SIMPLES MAS DIFÍCIL….
DIFÍCIL? SIM, MAS POSSÍVEL!

VAMOS PARA A NOTICIA DA SEMANA
Nessa parte do podcast, vou incluir uma notícia especifica que esteja relacionada com dinheiro e finanças pessoais, e também fazer meu comentário referente ao assunto.
Como primeira notícia do podcast, vou mencionar uma noticia do site G1 que foi publicado em fevereiro de 2015. O link dessa notícia está publicado no site www.dinheirobrasil.com/podcast0 referente ao podcast de numero ZERO.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/02/renda-domiciliar-capita-do-brasil-foi-de-r-1052-em-2014-diz-ibge.html

Vamos agora para a notícia publicada no site G1:
O rendimento domiciliar per capita do Brasil ficou em R$ 1.052 em 2014, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua.
O rendimento domiciliar per capita é o resultado da soma dos rendimentos recebidos por cada morador, dividido pelo total de moradores do domicílio. Entre os estados, o menor valor foi registrado no Maranhão, de R$ 461. Já o maior é o do Distrito Federal, de R$ 2.055.

Trabalhando dos 18 aos 65 anos e fazendo isso com uma taxa média de rendimento de 5% acima da inflação, você chegará na sua aposentadoria com  aproximadamente R$ 360 mil.

PERGUNTA SOBRE DINHEIRO

Nessa parte do podcast, vou ler uma ou algumas perguntas enviadas por você ouvinte e respondê-la com o meu ponto de vista.
Você tem várias opções para me enviar uma pergunta. Pode ser via o nosso site www.dinheirobrasil.com, vá até a página CONTATO e envie sua pergunta ou comentário.
Email: dinheiropodcast@gmail.com
Outra opção é via twitter na conta @dinheirobrasil1
Uma terceira opção é minha pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

Como ainda não temos perguntas de vocês ouvintes, vou responder uma pergunta comum sobre dinheiro:

“Devo comprar por um produto pagando em parcelas?”

Vou dar um exemplo. Você está pensando em comprar um smartphone de ultima geração que custa R$ 2000 que será parcelado em 10 vezes de R$ 200. Você deve comprar esse produto?
A resposta é não! Você não deve comprar esse telefone de última geração pagando em 10 vezes de R$ 200. Ao invés de fazer isso, caso você não tenha um telefone e precise comprar um, utilize os primeiros R$ 200 para comprar um telefone mais barato à vista. O restante do dinheiro que você pretendia usar para pagar mensalmente as parcelas adicionais, utilize esse dinheiro para ir pagando as suas dívidas já existentes, sempre pagando o mínimo das prestações, e utilizando o restante para ATACAR a dívida de menor valor.
Fazendo isso você deixa de fazer mais uma dívida e também consegue acelerar o processo de terminar o QUARTO DEGRAU RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO.

FRASE DE INSPIRAÇÃO

Nesse bloco do podcast, eu menciono uma frase conhecida ou não de um autor, conhecido ou não.

“Muitos gastam dinheiro que ainda não ganharam, comprando coisas de que não precisam, para impressionar pessoas de quem não gostam.”
Will Smith, Ator e que trabalhou no filme Homens de Preto

Gostaria de agradecer a você que fez o download e ouviu o PODCAST DINHEIRO BRASIL.
Os links e notas desse podcast estão no site www.dinheirobrasil.com/podcast0
Se você gostou do PODCAST DINHEIRO BRASIL, vá no iTunes da Apple e assine o podcast. Isso fará com que mais pessoas conheçam o podcast, o que potencialmente serão mais pessoas que poderão seguir o caminho passo a passo RUMO AO SUCESSO COM O DINHEIRO.

PROMOÇÃO
Para comemorarmos o inicio do Podcast Dinheiro Brasil, tenho uma surpresa para vocês ouvintes. Estamos iniciando um projeto para auxiliar três pessoas ou familias a iniciarem o caminho rumo ao sucesso com dinheiro. Nos próximos três meses, estarei escolhendo uma pessoa por mês onde irei oferecer uma consultoria individual, auxiliando essa pessoa no passo a passo rumo ao sucesso financeiro pessoal.
A idéia é a seguinte: Para concorrer, eu gostaria de pedir que você acesse o site www.dinheirobrasil.com.
Nesse site, existe um link onde você cadastra o seu email para receber emails do meu site com dicas para economizar dinheiro, acesso gratuito a um video que explica como fazer um bom orçamento de gastos mensais, e receberá também um link para fazer o download de um formulário que irá lhe ajudar nesse orçamento do mês.
Ao se cadastrar nesse site, você passa a concorrer a essa consultoria gratuita.
Todo mês eu irei escolher um email e irei contactar a pessoa para iniciarmos esse trabalho de consultoria individual. Eu irei contactar essa pessoa por telefone, e iremos conversar sobre a condição financeira especifica dessa pessoa ou família. Irei ajudar essa pessoa a preparar o orçamento do mês. Estarei dando sugestões de como equilibrar as contas do mês, onde cortar despesas e até discutir como buscar um aumento da renda, dependendo do caso específico.
Minha idéia é de auxiliar três pessoas a sair do buraco das dívidas e montar uma estratégia vencedora em relação ao dinheiro.
Vou repetir, as três pessoas escolhidas não terão custo nenhum, ok! Custo ZERO!  Não tem pegadinha, só quero dar minha contribuição a três famílias que não está conseguindo administrar o dinheiro. OK!!!

Agora caso você queira me contactar, temos vários canais de contato.
Envie comentários no site www.dinheirobrasil.com
Email: dinheiropodcast@gmail.com
No twitter na conta @dinheirobrasil1
E na pagina de Facebook: www.Facebook.com/dinheirobrasilblog

DESEJO A TODOS UMA FELIZ JORNADA SUBINDO OS DEGRAUS NA ESCADA RUMO AO SUCESSO FINANCEIRO!

música: www.bensound.com